DA REDAÇÃO: Safra 2013/14 – Em Sete Quedas (MS), semeadura da soja alcança 50% da área projetada

Publicado em 07/10/2013 10:39 e atualizado em 07/10/2013 13:48
431 exibições
Safra 2013/14: Plantio da soja alcança 50% da área estimada em Sete Quedas (MS). Nesta safra, áreas de pastagens também serão destinadas ao cultivo do grão. A expectativa é que sejam colhidas, em média, 50 sacas de soja por hectare. No mercado disponível, saca do grão é negociada a R$ 63,00.

Na região de Sete Quedas (MS), o plantio da soja alcança 50% da área estimada. Como as chuvas são regulares, os produtores conseguiram iniciar o cultivo do grão logo após o término do vazio sanitário, no dia 15 de setembro. As previsões climáticas indicam novas precipitações nos próximos dias.

Assim como em várias regiões produtoras brasileira, a área cultivada com soja no município também irá aumentar nesta safra sobre áreas de pastagens. Segundo o presidente do Sindicato Rural da cidade, Orlando Vendramini, ainda não é possível calcular esse incremento, mas muitas áreas estão sendo arrendadas para a semeadura do grão.

“Todo ano temos um aumento significativo na área cultivada. A nossa produção sempre é no mínimo de 50 sacas de soja por hectare, claro que depende das chuvas. Mas a expectativa do produtor é que esse número chegue até a 60 sacas de soja por hectare”, diz o presidente.

Além disso, o produtor tem aproveitado os bons preços da soja para negociar a produção a futuro. Entretanto, com as recentes quedas, a comercialização anda em ritmo mais lento, uma vez que as cooperativas da região ainda esperam uma definição da safra norte-americana.

No mercado disponível, a saca de soja é negociada a R$ 63,00, valor que cobre os custos de produção, conforme destaca Vendramini. A incerteza em relação aos preços ainda preocupa os produtores rurais. “É como se fosse um jogo e ninguém sabe o que vai acontecer”, afirma o presidente.

Por: Fernanda Custódio
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário