DA REDAÇÃO: Soja – Produtores iniciam a colheita em Santo Ângelo (RS); produção já tem perda estimada de 15% devido ao clima

Publicado em 24/03/2014 10:21 e atualizado em 24/03/2014 15:21 503 exibições
Safra 2013/14: Perdas na produção de soja podem ultrapassar 15% em Santo Ângelo (RS). Produtores iniciam a colheita nesta segunda-feira (24). Cerca de 45% da safra já foi negociada antecipadamente. No trigo, área deve ser menor devido à dificuldade na comercialização.

Os produtores rurais de Santo Ângelo (RS) iniciam a colheita da soja nesta segunda-feira (24). E, devido ao clima seco e o calor intenso, as perdas na produtividade da soja da região devem ultrapassar 15%. 

O presidente do Sindicato Rural do município, Cláudio Duarte, também destaca que o tempo seco favoreceu o aparecimento de doenças nas lavouras. Entre elas, a macrofomina, que afeta severamente o desenvolvimento das plantas, o grão da soja fica com o tamanho de uma lentilha.

“Também tivemos um aumento nos custos de produção, em função das doenças. Mas a maior perda nos rendimentos das lavouras aconteceu devido à forte estiagem que tivemos”, relata o presidente.

Paralelo a esse cenário, com as recentes altas dos preços futuros na Bolsa de Chicago, os produtores conseguiram avançar nas negociações antecipadas. Até o momento, cerca de 45% da produção já comercializada e, atualmente, o preço é de R$ 65,00.

Trigo 

Em relação ao cereal, o presidente destaca que devido à dificuldade na comercialização do produto a área nesta safra pode ser menor na região. No ano anterior, o Governo isentou a TEC (Tarifa Externa Comum), cenário que favoreceu a vinda do produto de outras origens. 

“Isso fez com que sobrassem altos estoques no RS, uma grande quantidade de produto que dificulta até mesmo a colheita da soja, por conta do espaço físico dos armazéns. Até o início do plantio, final de maio, os produtores ainda irão definir qual o tamanho da área que será cultivada no estado”, ressalta Duarte.

Atualmente, a tonelada do produto é negociada a R$ 800,00 no estado do Paraná, enquanto que, no RS o valor da tonelada fica entre R$ 600,00 e R$ 620,00, conforme destaca o presidente. Os agricultores que diminuírem a área de trigo devem investir no plantio de aveia, canola, milho no cedo ou até mesmo pastagem.

Por:
Fernanda Custódio
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário