DA REDAÇÃO: Milho – Safrinha do MS deverá totalizar 7,3 milhões de toneladas

Publicado em 01/04/2014 10:30 e atualizado em 01/04/2014 14:47 359 exibições
Milho: No MS, safrinha deverá totalizar 7,3 milhões de toneladas. Com o clima irregular, cerca de 12% da safra foi cultivada fora da janela ideal de plantio. Produtores também diminuíram os investimentos em tecnologia,situação que deve resultar em uma produtividade menor, em torno de 82 sacas/ha.

Na segunda safra, o estado de Mato Grosso do sul deverá colher cerca de 7,3 milhões de toneladas de milho, segundo estimativa da Famasul (Federação de Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul). O número representa uma queda de 500 mil toneladas, frente ao colhido na temporada anterior, de 7,8 milhões de toneladas.

Segundo o analista técnico da federação, Leonardo Carlotto, a semeadura do milho safrinha foi concluída no estado na última semana. E devido às condições climáticas adversas cerca de 12% foi cultivado fora da janela ideal de plantio, o equivalente a 170 mil hectares. 

Já a área cultivada com o milho nesta safra foi mantida em 1,5 milhão de hectares. “Alguns municípios diminuíram a área semeada, mas outros aumentaram. Então, houve uma compensação, porém já podemos falar em redução nos investimentos em tecnologia”, afirma Carlotto.

Cenário que pode refletir na produtividade das lavouras, a federação já trabalha com estimativas mais baixas para o rendimento das plantas. No ciclo anterior, os produtores conseguiram colher, em média, entre 84 a 85 sacas de milho por hectare, no entanto, nesta safra, a produtividade deve alcançar 82 sacas por hectare.

Além disso, o analista destaca os riscos em relação a possíveis geadas mais adiante. “Os produtores devem prestar atenção nas questões climáticas, pois estamos em um ano atípico”, finaliza. 

Por:
Fernanda Custódio
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário