DA REDAÇÃO: Baixo crescimento vegetativo dos ramos indica grande quebra para a safra de café 2015/16

Publicado em 05/05/2014 13:38 e atualizado em 05/05/2014 16:56 609 exibições
Café: Primeiras colheitas começaram adiantadas devido ao mau desenvolvimento das plantas e os prejuízos podem chegar até 30% em MG. Situação é decorrente da seca registrada no início do ano. A maior preocupação é com a safra 2015/2016, em que os prejuízos poderão ser ainda maiores.

As primeiras colheitas adiantadas do café realizadas nas regiões produtoras estão trazendo grãos de varreção, de baixa qualidade e bebida fraca. De acordo com Armando Matielli, presidente da ABCA (Associação Brasileira de Café Arábica), além dos prejuízos para esta safra, o baixo crescimento vegetativo indicam com cada vez mais clareza que as próximas safras também serão comprometidas. 

“Cada par de folha que cresce nos ramos de café, e em cada intersecção do ramo produtivo nasce a roseta e é ali que estão as floradas que virão... Estamos tendo de cinco a seis pares de folha, e isso é muito pouco e demonstra que o crescimento vegetativo da safra atual, devido à seca, não corresponde ao que deveria ocorrer na realidade”.  Matielli afirma que são necessários de 13 a 14 pares de folha, onde nascerão as rosetas, para uma produção favorável. 

“Vamos ter um prejuízo de pelo menos 25% a 30% pela falta de crescimento dos pares de folhas que vão originar as rosetas... Esse prejuízo vai ser marcante na safra 2015/16”. O presidente da ABCA ressalta que o mercado não está dando a devida atenção para a grande perda de produção que deve ser registrada na próxima safra, pois só observa a quebra atual.

Fonte:
Notícias Agrícolas

4 comentários

  • Armando Matielli Espírito Santo do Pinhal - SP

    PREZADO DALZIR,

    ESSE ALEMÃO VEIO DA NECESSIDADE DA SOBREVIVÊNCIA PROFISSIONAL/PESSOAL. UM ROCEIRO/CAIPIRA DE DESCENDÊNCIA ITALIANA FOI OBRIGADO A VIVER NA ALEMANHA P/ APRENDER A BELÍSSIMA LÍNGUA ALEMÃ QUE MUITO BEM REPRESENTA UM POVO DE RAÇA E SABEDORIA.AO FINAL UM CAIPIRA QUE PRECISOU VIRAR EXECUTIVO. DEUS ME AJUDOU E ME AJUDA MUITO.

    VOLTANDO AO ASSUNTO, O SENHOR DEFINIU MUITO BEM NOSSAS LIDERANÇAS E SEUS COMENTÁRIOS SÃO SEMPRE INTELIGENTES E PONTUAIS. SR DALZIR, OU NOS ORGANIZAMOS OU MORREREMOS NAS MÃOS DOS INCOPENTENTES E CORRUPTOS. VEJA O NOSSO BRASIL SENDO COMANDADO POR UMA FORMIGA PERANTE UM ELEFANTE, ALÉM DA LENIÊNCIA COM A CORRUPÇÃO.

    NO NOSSO CASO, DO AGRONEGÓCIO, DESCONHECEMOS NOSSAS FORÇAS.SOMOS UM DOS MAIORES SEGMENTO ECONÔMICO DO MUNDO.O MUNDO PODE PASSAR MUITA FOME E MISÉRIA SEM O AGRONEGÓCIO BRASILEIRO. PRECISAMOS COMEÇAR A INDIREITAR E FORTALECER NOSSOS SINDICATOS DE PRODUTORES RURAIS, QUE NA GRANDE MAIORIA , SÃO OCUPADOS POR INCAPACITADOS, INCULTOS E PELEGOS DAS FEDERAÇÕES COMO A FAEMG, FAESP E OUTRAS 24 FEDERAÇÕES QUE LEVAM AO C.N.A QUE É COMANDADA POR UMA POLÍTICA QUE "NEM CHEIRA E NEM FEDE". PRECISAMOS DE LIDERANÇAS QUE COLOQUEM O GOVERNO DE JOELHOS E NÃO MENDIGANDO E ACEITANDO TUDO COMO CORDEIROS E BOVINOS TOCADOS.

    SR DALZIR, VAMOS LUTANDO QUE MUDAREMOS ESSAS LAMBANÇAS E ESBÓRNIAS QUE SÃO NOSSOS POLÍTICOS E GRANDE PARTE DA NOSSA POPULAÇÃO. ABRAÇOS

    0
  • Armando Matielli Espírito Santo do Pinhal - SP

    PREZADO SR DALZIR,

    A MAIOR ESTRATÉGIA DOS COMPRADORES ( COMERCIANTE E ALGUMAS COOPERATIVAS) BEM COMO BOA PARTE DE NOSSAS LIDERANÇAS E NOS MANDAR NA SUBMISSÃO CULTURAL. ESSE FATO DEIXA ME MUITO ABORRECIDO PELA FALTA DE PATRIOTISMO.NA CAFEICULTURA NOS MANTÉM NA VALA DA IGNORÂNCIA FECHANDO A SETE CHAVES AS ESTRATÉGIAS E A OBSCURIDADE DOS NÚMEROS. ISSO VEM PIORANDO ANO A ANO. NOSSAS LIDERANÇAS, NA GRANDE MAIORIA, SÃO HOMENS EXTREMAMENTE GANANCIOSOS E NÃO PASSAM INFORMAÇÕES. O QUE CUSTARIA ORIENTAR OS CAFEICULTORES A "VENDER POR OPINIÃO E NÃO POR PRECISÃO" COMO,FALA NOSSO COMPANHEIRO SR LUIZ MARCOS SUPLICY HAFFERES.

    GENTE CHEGOU NOSSA VEZ E VAMOS VENDER A CONTA A GOTAS.

    0
  • Armando Matielli Espírito Santo do Pinhal - SP

    PREZADO ULLMANN,INFELIZMENTE NÃO TENHO O TEMPO PARA ME DEDICAR MAIS A POLÍTICA CAFEEIRA QUE ATINGE AOS NOSSOS SOFRIDOS CAFEICULTORES, COMO EU TAMBÉM. MAS, DEUS ME AJUDARÁ A COLOCAR MINHA VIDA EM ORDEM PARA EU TRABALHAR MAIS INTENSIVO EM PROL DO NOSSO MEIO.

    VIELEN DANK MEIN FREUND UM BIS DIE NACHST MAL. AUFVIEDERSEHN.

    0
  • Bertholdo Fernando Ullmann Patos de Minas - MG

    Dalzir, o Matielli mostra de forma clara e direta o que está acontecendo com a cafeicultura brasileira. Esse sim defende os cafeicultores e quer o melhor para eles. Mais uma excelente entrevista.

    0