DA REDAÇÃO: Traders dos EUA consideram aumentar importações de soja brasileira para suprir demanda

Publicado em 05/05/2014 19:01 765 exibições
Grãos: Traders dos EUA consideram aumentar a importação de soja brasileira para aliviar a escassez de oferta. Plantio de milho continua atrasado nos EUA, aumentando rumores de redução de rendimento da safra.

Após atingir preços altos, próximos aos US$ 15,00 por bushel, mercado da soja fica volátil, com eventuais quedas. Apesar disso, os fundamentos são positivos para o mercado, principalmente por conta da oferta apertada nos EUA. 

De acordo com o analista de mercado Glauco Monte, muitos traders já estão considerando uma importação maior ainda da soja brasileira. “Talvez a situação fosse um pouco aliviada por esta soja, mas nada muito expressivo”.

O analista afirma ainda que a demanda internacional está voltada agora para a America do Sul, principalmente a China. “A China já comprou bastante nos últimos meses e existe uma preocupação dela ter comprado acima da capacidade e começar a reduzir um pouco as compras, mas mesmo reduzindo ela ainda tem um bom volume a comprar até o final do ano... Mas sem dúvida a demanda se volta mais para os portos do sul”.

Nas últimas semanas, alguns cancelamentos de importações no mercado brasileiro afetaram um pouco os prêmios de maneira negativa, mas eles podem melhorar, ao passo que diminui o volume de soja nos portos brasileiros, segundo Monte.    

O atraso no plantio de milho nos EUA também esquenta os rumores de uma possível redução no rendimento da safra, além disso, há previsão de mais chuvas para esta semana nas regiões produtoras, o que prejudica os plantios. “Já começou praticamente o mercado climático e isso já está sendo trabalhado por operadores”. 

Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário