DA REDAÇÃO: Forte demanda mantém preços da soja em alta

Publicado em 22/05/2014 13:32 e atualizado em 22/05/2014 18:13 489 exibições
Soja: Demanda chinesa continua muito forte e os estoques americanos tendem a continuar diminuindo até a chegada da nova safra. Cenário continua, portanto, estimulando boas altas no mercado internacional.

Os fundamentos que mantêm os preços da soja em alta, em Chicago, continuam sólidos. Os estoques americanos permanecem baixos e a demanda muito alta, conforme explica Camilo Motter, da Granoeste Corretora de Cereais. Até o momento, os Estados Unidos desembarcaram 16 milhões de toneladas de soja, dos 22 milhões de toneladas previsto para esses primeiros meses do ano.

Os rumores que seguiram por abril sobre cancelamento de contratos pela China e de redirecionamento de cargas perdem a força com os números apresentados, segundo explica Motter. Para ele, se os valores da soja fecharem acima dos U$ 15,21 por bushel, em Chicago, será importante para que o mercado atinja novos patamares e os produtores realizem lucros. 

0 comentário