DA REDAÇÃO: Chuvas afetam plantações de milho e trigo em Campo Mourão (PR)

Publicado em 10/06/2014 11:07 e atualizado em 10/06/2014 12:37 919 exibições
Chuvas: Em Campo Mourão (PR), parte das lavouras de milho safrinha acamou com os fortes ventos do final de semana. Plantações de trigo também foram afetadas e produtores poderão ter que fazer o replantio de algumas áreas. Região registrou 240 mm de chuvas. Levantamento das perdas será feito nos próximos dias.

As chuvas e os fortes ventos que atingiram o estado do Paraná neste fim de semana afetaram as plantações de milho safrinha e trigo na região de Campo Mourão (PR), onde as precipitações chegaram a uma média de 240 milímetros.

O presidente do Sindicato Rural de Campo Mourão, Nelson Teodoro de Oliveira, afirmou que houve perdas, mas que o levantamento delas será feito nos próximos dois dias, já que somente hoje foi possível ao departamento técnico ir a campo fazer a avaliação, em virtude das más condições das estradas.  

Oliveira prevê que a recuperação das safras de milho será muito difícil, pois os ventos acamaram as lavouras, o que dificulta que as colheitadeiras operem. O excesso de umidade também deve provocar várias doenças no trigo e no milho, afetando assim a qualidade das lavouras.

Até o final de semana, as expectativas eram boas para as produções na região. “A produção estava indo muito bem, mas agora que veio esse excesso de chuvas com ventos fortes, a expectativa de uma safra muito boa já diminuiu bastante”, disse o presidente.

O replantio do trigo nessas áreas poderá ser refeito, já que a terra roxa e argilosa do local impede que o produto consiga sair e parte dele foi levado pela enxurrada. O tempo permanece fechado na região e caso a precipitação continue a situação pode-se agravar ainda mais. “Estamos agora na expectativa se o tempo vai nos ajudar ou não”, avaliou.

Por:
Fernando Pratti // Fernanda Custódio
Fonte:
Notícias Agrícolas

1 comentário

  • salvador reis neto santa teresa do oeste - PR

    as chuvas por aqui destruirão pontes e estradas rurais, mas o vento que mais deu prejuízo, rajadas muito forte derrubou muito milho, com certeza o produtor terá perdas e inclusive com milho ardido com excesso de chuvas, mais de 350 milímetros em 48 horas. vai ter perdas consideráveis, mas vamos em frente!!!!!

    0