DA REDAÇÃO: Com retorno das chuvas, produtores dão início ao plantio da soja em Buri (SP)

Publicado em 25/09/2014 10:34 e atualizado em 25/09/2014 16:02 224 exibições
Safra 2014/15: Em Buri (SP), chuvas permitem o início do plantio da soja. Produtores que ainda investiam no milho deverão migrar para o cultivo da oleaginosa, mas área deverá ser mantida. Contratos futuros da oleaginosa giram em torno de R$ 49,00 a R$ 50,00, porém, poucos negócios são realizados.

Com o retorno das chuvas, os produtores de Buri (SP) já conseguiram dar início do plantio da soja da safra 2014/15. A expectativa é que nesta temporada, os agricultores que ainda investiam na semeadura do milho migrem para o cultivo da oleaginosa, segundo relata o produtor rural do município, Frederico d’ Avila.

“No caso da soja, os agricultores conseguem diluir os custos ao longo do ciclo, já no milho, os custos são maiores por hectare. A área semeada será a mesma de anos anteriores, as áreas na região estão saturadas e não temos muito para onde ir”, destaca o produtor rural.

Por outro lado, a comercialização da oleaginosa preocupa os agricultores. No mesmo período do ano anterior, d’Avila já tinha negociado antecipadamente cerca de 55% da produção. Contrariamente, esse ano, os negócios estão lentos devido à recente queda nos preços no mercado internacional.

“Quem conseguiu vender fez a comercialização no início do ano, com volumes pequenos. Atualmente, as empresas oferecem entre R$ 49,00 até R$ 50,00 pela saca da soja, o que vai fazer com que o produtor dependa da produtividade. Na nossa região, conseguimos, em média 60 sacas por hectare, com o clima normal”, explica o produtor.

Com isso, alguns produtores podem diminuir os investimentos em adubação, contando com o excedente no solo. “Mas isso, somente alguns agricultores conseguirão e será uma estratégia para equilibrar as contas”, acredita d’Avila.

Por:
Fernanda Custódio
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário