EXCLUSIVO: Em véspera de relatório sobre oferta e demanda, dia é de realização de lucros

Publicado em 09/09/2010 13:33 e atualizado em 09/09/2010 15:39
457 exibições
Soja: mercado realiza lucro na véspera do relatório do USDA sobre oferta e demanda mundial. Expectativa de diminuição de estoques nos EUA já está precificada. China continua comprando soja e milho dos Estados Unidos.

 

Após indefinição sobre as negociações futuras nesta madrugada na China, o pregão eletrônico caiu, refletindo na abertura dos mercados hoje na Bolsa de Chicago, o que fez os especuladores realizar lucros para não perder os ganhos. No entanto, hoje é véspera da divulgação do relatório do Departamento de Agricultura dos EUA sobre a oferta e demanda mundial.

<?xml:namespace prefix = o ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:office" />

 

Ricardo Lorenzet, analista da XP Investimentos, explica que o mercado tem uma percepção clara sobre a demanda aquecida e que já está precificado mesmo com a expectativa de diminuição de estoques americanos.

 

E alerta que, para o curto prazo, mesmo que com quebra, a safra norte-americana deverá ser bem quantificada, portanto, o mercado tende a se tornar um pouco mais volátil. Assim como existe preocupação para com a safra 2010/11 na América do Sul, influenciada pelo fenômeno La Niña. Entretanto, o cenário macroeconômico mundial fortalece o mercado das commodities agrícolas.

Fonte: Redação NA

Nenhum comentário