EXCLUSIVO: Leilão de PEP de milho não atinge toda quantidade ofertada pela Conab em MT

Publicado em 15/09/2010 13:49 e atualizado em 15/09/2010 15:54
380 exibições
Milho: leilão de escoamento não atinge toda quantidade ofertada pela Conab em MT. Com o atraso no plantio da soja, devido ao La Niña, o Mato Grosso deverá fazer menos milho-safrinha devido ao estreitamento da janela de plantio.
Nesta quarta-feira, a Conab realizou mais um leilão de PEP de milho, desta vez somente para o estado do Mato Grosso. No entanto, a procura não atingiu toda a demanda por conta da impossibilidade da exportação.

Das 70 mil toneladas ofertadas em MT, apenas 48 mil toneladas foram compradas que devem ser escoadas para as regiões norte ou nordeste e Espírito Santo, com prêmios diferenciados para cada região.

Segundo o presidente do Sindicato Rural de Sinop/MT, o leilão ajudou no escoamento e aos poucos vai aliviando o excedente. Entretanto, afirma que ainda há muito milho no mercado, e na região ainda há cerca de 800 mil toneladas.

Segundo analistas, grande parte do cereal já foi exportada, os estoques que estão nas mãos do governo não são tão grandes e com isso os preços podem reagir e avançar no mercado nacional. Com isso, a expectativa de renda para o produtor brasileira é positiva.

Quanto à próxima safra, os produtores se orientam pelas condições climáticas e pela chegada das chuvas. Com o atraso da precipitação, devido ao La Niña, pode haver uma redução na área destinada ao plantio de milho que, tradicionalmente se inicia no fim de setembro começo de outubro.  
Fonte: Redação NA

Nenhum comentário