EXCLUSIVO: Falta de chuva no Brasil preocupa o mercado e os cafeicultores

Publicado em 22/09/2010 19:02
414 exibições
Café: dia de perdas em N. York, com tendência baixista do mercado. Cafeicultores brasileiros vivem situação complicada devido a falta de chuvas nas regiões produtoras. Cotações podem alcançar R$ 400,00 até dezembro próximo, acredita analista.

 

O café fechou sua cotação na Bolsa de Nova York com queda de 295 no vencimento dezembro, com tendência baixista dos especuladores do mercado. No Brasil, cafeicultores vivem em situação complicada por causa da falta de chuvas nas principais regiões produtoras. Momento é de cautela nas vendas.

<?xml:namespace prefix = o ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:office" />

 

Para o analista de mercado e representante da SINCAL, Fernando Souza Barros, as chuvas pontuais em algumas regiões não foram suficientes para umedecer os solos e garantir desenvolvimento dos cafezais, mesmo em ano de bianualidade para a produção do grão. Apesar de quebra nas safras de até 30%, o importador vai precisar suprir estoques comprando o máximo que puder.

 

O mercado físico hoje precifica a saca do café a R$ 320,00 e pode chegar até R$ 400,00 em dezembro ou janeiro de 2011, segundo prevê Barros. Para ele, o mercado continua sendo do vendedor e é preciso que o cafeicultor tenha cautela com a venda do produto que tem nas mãos.

Fonte: Redação NA

Nenhum comentário