EXCLUSIVO: Federação acredita em estoques de passagem do Governo suficientes para abastecer mercado interno

Publicado em 28/09/2010 18:59
477 exibições
Milho: Faeg afirma que estoques do Governo são suficientes para abastecer o consumo interno até o final do ano. Previsão de chuvas regulares para outubro não devem atrapalhar planejamento da safrinha de milho em Goiás.

 

A FAEG (Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás) é mais uma entidade que acredita em estoques do Governo suficiente para abastecer o consumo interno do Brasil até o final do ano. São cerca de 6 milhões de toneladas para o mercado doméstico.

<?xml:namespace prefix = o ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:office" />

 

Segundo o consultor técnico da FAEG, Pedro Arantes, esse não é o fator que fez os preços do milho subirem no país. Para ele, os riscos de diminuição de produtividade por causa da seca e a retração do produtor ao mercado frente aos altos preços à espera de ainda maiores, são as causas para preços sustentados atualmente.

 

Apesar da seca, a previsão de chuvas para os próximos cinco dias em Goiás não deve atrasar o plantio das safras. O consultor aconselha sojicultores a negociar no mercado futuro seu produto, pois os riscos com o clima para 2011 não confirmou perdas ainda.

Fonte: Redação NA

Nenhum comentário