EXCLUSIVO: Bancos arrestam máquinas no Mato Grosso, enquanto federação tenta prolongar procedimento

Publicado em 13/10/2010 13:47 e atualizado em 13/10/2010 17:52
427 exibições
Bancos das montadoras fazem o arresto de 15 máquinas no MT e avisam que vão prosseguir tirando os equipamentos de quem não saldou as dívidas. Famato tenta adiar o arresto, mas vê a situação como delicada.

 

Os bancos das montadoras agrícolas entraram com medida judicial para arrestar máquinas no Mato Grosso de produtores que não conseguiram liquidar seus compromissos. Já foram 15 equipamentos arrestados e a Famato (Federação da Agricultura e Pecuária do Mato Grosso) tenta agora adiar o procedimento, mesmo com o aviso das instituições sobre continuar arresto.

<?xml:namespace prefix = o ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:office" />

 

O presidente da instituição, Rui Ottoni Prado, explica que tentarão expor à justiça as dificuldades que o produtor agrícola enfrenta em sua atividade, onde desde 2005, acumulou dívidas que já foram prorrogadas pelo Governo, mas as consecutivas perdas e preços baixos na hora da venda tira do agricultor a capacidade de pagamento neste momento. A situação é delicada , afirma Prado.

 

Ele aconselha aos produtores endividados a procurar seus bancos, tentar negociar já que este é o melhor caminho. Na justiça a gente pode ter dissabores, muito mais desagradáveis, diz.

Fonte: Redação NA

1 comentário

  • Fabiano Ferrari Rondonópolis - MT

    Louvável a iniciativa do Sr. Rui Prado, Pres. da FAMATO na tentativa sensibilizar o poder judiciário explicando a real situação do endividamento agrícola no País e a necessidade de cada maquina no campo. No entanto pouco se pode fazer, sugiro aos amigos produtores que não sendo possível uma negociação com o banco, procure a justiça o quanto antes, para garantir os equipamentos no campo.

    0