EXCLUSIVO: Atraso das chuvas quebra janela para plantio da soja precoce e safrinha de milho em todo o país

Publicado em 29/10/2010 13:47 e atualizado em 29/10/2010 16:50
549 exibições
Falta de chuvas regulares faz o plantio atrasar em todo o País. No MT a lavoura está 20% atrasada em relação ao ano passado. A consequência é a perda da janela da soja precoce e a perda das vantagens para a produção do milho safrinha.

<?xml:namespace prefix = o ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:office" />

 

O atraso das chuvas no Brasil fez com que o plantio dos grãos atrasasse por todo o país. Segundo levantamento do IMEA (Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária), o Mato Grosso está com a lavoura 20% atrasada com relação ao ano passado, causando perda de janela para plantio da soja precoce e desvantagens para a produção do milho safrinha.

 

O assessor técnico da Comissão Nacional de Cereais, Fibras e Oleaginosas da CNA (Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil), Gustavo Prado, afirma que as chuvas não chegaram em quantidade ideal para avançar no plantio. No mesmo período do ano passado, já havia sido plantado 50% da área de milho, ante cerca de 35% neste ano.

 

A defasagem prejudica todo o centro-sul do país em ano influenciado pelo fenômeno climático <?xml:namespace prefix = st1 ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:smarttags" />La Niña. Precavidos, os produtores passaram a migrar suas culturas, sendo hoje o maior cultivo em soja, enquanto o mercado internacional aponta escassez de oferta de todos os tipos de grãos e fibras. Para Prado, mesmo com cotações sustentadas pela demanda, o agricultor ainda precisa de maiores valores para suprir a menor produtividade prevista.

Fonte: Redação NA

Nenhum comentário