EXCLUSIVO: Antes do anúncio do FED para a economia americana, mercado de commodities trabalha na volatilidade

Publicado em 03/11/2010 13:32 e atualizado em 03/11/2010 16:10
554 exibições
Soja: mercado de commodities em Chicago e N. York vira para o terreno negativo no início da tarde desta quarta-feira, a poucas horas da decisão do banco central norte-americano em manter as taxas de juros negativas, e injetar mais dólares na economia dos EUA.

 

O Banco Central Norte-Americano (Federal Reserve) deverá anunciar medidas para incentivar o consumo dos americanos, enquanto que no início desta tarde, o mercado das commodities segue especulando em dia de muita volatilidade nas Bolsas de Chicago e Nova York. Entre as medidas, o FED pode manter as taxas de juros negativas e injetar mais dólares na economia dos Estados Unidos.

<?xml:namespace prefix = o ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:office" />

 

Ricardo Lorenzet, analista da XP Investimentos, explica que mesmo antes de acontecer o mercado trabalha de olho nas especulações, ou seja, o dólar vinha perdendo força frente às principais moedas do mundo nos últimos dias e com isso trabalha em movimento de ajuste após altas significativas de todas as commodities.

 

Por outro lado, no cenário macro-econômico, principalmente para a soja e o milho, os preços devem se manter sustentados pela demanda internacional por grãos, risco de oferta na safra da América do Sul e briga por área para plantio na próxima safra americana.

Fonte: Redação NA

Nenhum comentário