EXCLUSIVO: USDA pode confirmar as expectativas do mercado que espera novas altas

Publicado em 08/11/2010 13:33 e atualizado em 08/11/2010 15:32
346 exibições
Bolha de commodities mantém alta forte no algodão e açúcar. Soja, milho e trigo têm leve recuo hoje na CBOT, com a subida do dólar. Relatório do USDA desta terça-feira deverá trazer diminuição nos estoques mundiais, e perspectiva de novas altas nos preços.

 

O atual cenário das cotações nas bolsas internacionais aponta para uma enorme bolha de commodities que mantém uma alta forte dos preços, hoje principalmente para o algodão e o açúcar. Em Chicago, os grãos (soja, milho e trigo) tem leve recuo com a subida do dólar e a realização de lucros por parte dos fundos especuladores. As expectativas se voltam para o relatório de acompanhamento da safra do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA, na sigla em inglês) desta terça-feira (09) que deverá trazer diminuição nos estoques finais, confirmação da demanda aquecida e perspectiva de novas altas nos preços.

<?xml:namespace prefix = o ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:office" />

 

Vinicius Ito, analista da Newedge Corretora, diz que o relatório do USDA deve confirmar o que o mercado já espera com números menores sobre a produtividade para o milho e a soja norte-americanos, bem como, as exportações fortes da China que diminuem os estoques mundiais. Analistas afirmam redução de até 9% sobre a produtividade da soja, mas o inesperado aconteceu com o milho após problemas climáticos no cinturão de grãos.

 

Para os brasileiros, a renda pode ser de até 30% superior a outros anos no mercado interno, por outro lado, a desvalorização do câmbio impede rendimento para com as exportações. Segundo Ito, a renda em reais por saca para os agricultores brasileiros é mais e compensa a perda nas vendas para o exterior.

Fonte: Redação NA

Nenhum comentário