EXCLUSIVO: Soja fecha com mais de 50 cents de alta, enquanto o milho e o trigo viraram no final do pregão em Chicago

Publicado em 09/11/2010 19:26
745 exibições
Soja fechou acima de 50 pontos em Chicago, mas milho e trigo tiveram realização de lucros, e encerram em baixa. Mercado esperava números alarmantes no relatório do USDA, e isso não ocorreu. Algodão bateu no limite de alta e café subiu mais de 900 pontos em N. York.
Após o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA, na sigla em inglês) divulgar o seu relatório de acompanhamento das safras mundiais mundo surpreendente para a soja, fez as cotações nas bolsas internacionais explodirem. Em Chicago, a soja superou 13 dólares por bushell, com mais de 50 cents de alta. Apesar de trabalhar em alta durante todo o dia, o milho e o trigo encerraram o pregão no vermelho.

Segundo o analista da RJ OBrien, Pedro Dejneka, o movimento fora esperado uma vez que as informações do USDA não anunciou nenhuma novidade para o milho e o trigo, enquanto que para a soja, confirmou os estoques norte-americanos abaixo da forte demanda vinda da China.

O analista avalia que no curto prazo a soja deve manter sua tendência altista, principalmente sustentada pelas compras da China, que mesmo em cotações mais altas, não pare seu movimento. Nos próximos dias, pouca realização de lucros e a expectativa fica para que os prêmios comecem a precificar o risco climático que pode ocorrer nas safras da América do Sul causados possivelmente pelo fenômeno climático La Niña.

Já para o milho, Dejneka acredita que a commodity vá buscar o patamar de 6 dólares nos próximos dias, mesmo que passe por realização de lucros mais fortes.
Fonte: Redação NA.

Nenhum comentário