ENTREVISTA: Confira a entrevista com Vlamir Brandalizze - Analista de Mercado - Curitiba/PR

Publicado em 22/03/2011 13:45 328 exibições
Milho: expectativa de aumento nas áreas de milho da próxima safra norte-americana deve pressionar para baixo os preços do grão. No Brasil, atraso no plantio da safrinha coloca em questão produtividade para atender a demanda internacional em momento de bons preços.

1 comentário

  • Wanderley do Nascimento Costa Sorriso/MT - MT

    João Batista, com referência ao que você disse que a CONAB precisa de estragistas p/ evitar situações como a falta de MILHO no MT, após colheita recorde em 2010, concordo em todos os aspectos. Porém, qualquer mero mortal poderia prever isto, menos os "estragistas" da CONAB e do MAPA, que ganham pra fazer este trabalho e fazem mal feito.

    Se você buscar no site do NA, no dia 16/08/2010, após uma notícia divulgando dados do IMEA, logo após o final da colheita da safrinha aqui no MT, eu tinha cantado essa pedra da falta de milho no MT ( veja o link: http://www.noticiasagricolas.com.br/noticias/milho/73405-milho-colheita-encerrada-e-comercializacao-via-conab-alcanca-6-78-milhoes-de-toneladas.html ).

    O que me assusta, é que são estas mesmas pessoas responsáveis por controlar o estoque regulador no nosso país, e que devido a falta de tato no trabalho, vão ter que rebolar pra repor o estoque público de MILHO esse ano.

    Nas minhas contas, o governo tem em seu poder aproximadamente 2,5 milhões de ton de MILHO na CONAB. Isto representa menos do consumo de 1 mês no país. Juntemos as mãos e rezemos juntos p/ que não aconteça mais nada na produção de MILHO esse ano, senão as coisas podem piorar ainda mais. E vamos em frente !

    0