Reportagem: Confira a reportagem pom Sebastião Garcia - Jornalista

Publicado em 30/03/2011 14:33 425 exibições
Produtores do interior de São Paulo produzem palmito em APPs, com licença e suporte técnico do Itesp, mas mesmo assim são autuados pelo Ministério Público. Órgão federal se confunde com o próprio Código Florestal atual.

1 comentário

  • Almir José Rebelo de Oliveira Tupanciretã - RS

    Vocês estão vendo? mas João Batista, quando escrevi aqui sobre os conceitos de APPs e Reserva Legal eu chamava a atenção para isso: sobre os termos ambientais desses conceitos. Os Promotores Públicos conhecem palavras frias dos Códigos, até compreendo suas dificuldades em entender o que é um manejo sustentável. Na verdade os conceitos, ambientalmente, são paraticamente os mesmos mas dependendo dos "objetivos" que "aparecem" leva a essa confusão muito bem caracterizada na matéria jornalística. Se continuasse perguntando para a promotora se é legal ela responderia que sim, se não comprometer as "funções ambientais" das APPs conforme a lei do Código Florestal. E se perguntada se está cumprindo as "funções ambientais", ela responderá que sim se estiver dentro da lei. Gostei da matéria porque tínhamos e estamos alertando para a necessidade de que os Promotores Públicos primeiro observem a "Lei do Bom Senso" e aguardem as novas e necessárias definições que serão aprovadas no Novo Código florestal que será a " NOVA LEI" onde não será necessário que se cometam fiascos como esse, onde provavelmente seguem-se a ideologia ambientalista e a lei não é observada ou é interpretada mal. podemos aprofundar esse assunto. Finaliso dizendo aos produtores brasileiros que tive o privilégio de conversar com o Presidente em quando em exercício José Alencar sobre medida provisória sobre os transgênicos, onde observei que se tratava de Um Grande Brasileiro. de formas que Ele já está nos fazendo falta. Se estivesse em Brasília dia 5 com certeza poderíamos contar com uma expressão de bom senso na busca de algo cuja principal característica, teria que ser bom para o Brasil e para os Brasileiros e para o Meio Ambiente. Afirmo que seria essa a posição dele a favor do Novo Código Florestal. Mas certamente Ele vai interceder junto Aos Deuses para que aprovemos o que será melhor para o Produtor, para o País, para o Meio Ambiente, porque se for bom para o Produtor será bom para o meio ambiente e para o Brasil. Vamos em Frente!!!

    Almir Rebelo

    0