DA REDAÇÃO: Oferta de boi diminui e preço de referência tem ajustes positivos em algumas praças

Publicado em 22/06/2011 12:10 e atualizado em 22/06/2011 14:36 560 exibições
Boi Gordo: Volume de negócios já começa a diminuir com a aproximação do feriado prolongado. Expectativa é de que haja pressão de alta no atacado com a necessidade de reposição dos estoques no final do mês.

No mercado do boi gordo, o volume de negócios realizados já começa a diminuir com a aproximação do feriado prolongado. Os preços de referência em algumas regiões produtoras sofreram alguns ajustes com a diminuição da oferta de animais. A especialista em mercado pecuário da XP Investimentos, Lygia Pimentel explica que a necessidade dos frigoríficos de provisão de bois para os dias que não terão abate trouxe ofertas de preços mais altos em algumas praças. O preço do boi casado subiu, sendo cotado hoje a R$ 5,90/kg, uma alta de R$0,20 por kg em relação à última semana. A demanda por carnes não reagiu "O que ajudou hoje foi a diminuição da oferta mesmo", diz.

Em São Paulo, as escalas atendem em média 2 dias e são preenchidas com animais de confinamento dos próprios frigoríficos "A gente não pode desconsiderar que essa oferta ajuda a cobrir um possível período de falta de animais mas, mesmo assim, não é o grosso de uma oferta de confinamento que está começando ainda", acredita.


A expectativa é de que haja pressão de alta no mercado atacadista com a nessecidade de reposição dos estoques dos frigoríficos no final do mês.

Por:
Marília Pozzer
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário