Com excesso de oferta e demanda mais fraca, preços da batata têm novo recuo e estão abaixo dos custos de produção

Publicado em 17/07/2017 13:11 e atualizado em 17/07/2017 14:57
311 exibições
Saca de 50 kg é cotada entre R$ 20,00 a R$ 25,00 ao produtor e custo de produção da saca está acima de R$ 40,00. Cenário inviabiliza novos investimentos e pode resultar em recuo na área plantada na próxima safra. Tendência é que os preços continuem pressionados nos próximos dois meses devido à colheita da safra de inverno.

João Paulo Bernardes Deleo, pesquisador do Cepea, conta que os preços da batata pagos ao produtor rural tiveram mais um recuo na última semana. Desde novembro do ano passado, os preços vêm enfrentando uma situação ruim.

Os patamares estão muito abaixo dos custos de produção. A saca de 50kg está sendo cotada a R$38,44 na média do atacado em São Paulo, uma queda de mais de 10% em relação à semana passada. Os produtores têm um custo de produção acima dos R$40 e o preço ao produtor, para a melhor classificação, está em torno de R$25.

A oferta expressiva, com produtividade boa, além de uma pressão de demanda que impacta nos preços, são os principais fatores que afetam o mercado neste momento.

Neste instante, a safra de inverno começa a ser colhida. A produtividade está igual ou acima à da média histórica. Para os próximos meses, a safra de inverno se intensifica e a maior região produtora, que é Vargem Grande do Sul (SP), vem com um aumento de área.

Não há um sistema de armazenagem para a batata no Brasil. Logo, os produtores devem vender logo após colherem suas safras.

Para as próximas safras, deve haver uma redução das áreas cultivadas. Assim, a partir da próxima safra das águas, que tem início em novembro, os preços poderão ter uma reação.

Por: Fernanda Custódio e Izadora Pimenta
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário