Preço do leite ao produtor segue com alta em junho e atinge valor recorde no spot, segundo analista

Publicado em 01/07/2022 15:00 e atualizado em 01/07/2022 15:41
Jéssica Olivier - Analista de Mercado da Scot Consultoria
Indústrias têm disputado o leite escasso no mercado spot mirando produção do UHT e leite em pó

Podcast

Preço do leite ao produtor segue com alta em junho e atinge valor recorde no spot, segundo analista

Logotipo Notícias Agrícolas

De acordo com informações da analista de mercado da Scot Consultoria, Jéssica Olivier, o preço do leite pago ao produtor em junho, referente ao produto captado em maio, voltou a subir. 

Na média calculada entre 18 Estados realizada pela consultoria, o preço médio no campo foi de R$ 2,21/litro, um aumento de 7,2% em relação ao pagamento de maio, referente ao leite captado em abril, Ao comparar o valor de R$ 2,21/litro com a mesma época de 2021, o incremento foi de 17,7%.

Entretanto, de acordo com a especialista, aumento no preço pago ao produtor nem sempre significa margem de lucro alta, e neste mês em específico, segundo ela, as margens ficaram negativas devido aos custos de produção elevados. 

É este fator, inclusive, que aliado ao clima mais seco na região central do país, tem contribuído para a redução na captação. Nesta época já é esperado que as pastagens fiquem mais degradadas pelo tempo seco, mas com o elevado custo do concentrado, muitos produtores optam por reduzir essa suplementação na alimentação dos animais, o que impacta na produção de leite. 

De acordo com Jéssica, a elevação também chegou ao mercado spot, com preço médio de R$ 3,81/litro, mas com recorde nominal para a série histórica da Scot registrado em São Paulo, onde o preço chegou a R$ 4,70/litro.

Em meio à disputa pelo leite no mercado spot, as indústrias têm focado em produtos mais básicos da cesta de lácteos, como leite UHT e o leite em pó, conforme explica a especialista, mas sem deixar de olhar também para o consumo de iogurtes e queijos, apesar de menor, mas ainda assim, firme.

A expectativa para julho é de mais alta nos preços do leite pago ao produtor, finaliza Jéssica.

Por:
Letícia Guimarães
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário