Em Guaíra (PR), chuvas interrompem trabalhos de colheita do milho safrinha

Publicado em 15/06/2015 11:16
Em Guaíra (PR), chuvas interrompem trabalhos de colheita do milho safrinha. Primeiras áreas colhidas registram produtividade de 130 sacas por hectare. Perdas com o acamamento das lavouras devido aos fortes ventos foram pontuais. Preços caíram e a saca é cotada a R$ 19,00 na região, valor não cobre os custos de produção.

Na região de Guaíra (PR), as chuvas dos últimos dias interromperam a colheita do milho safrinha. Nesse momento, os produtores rurais aguardam a abertura do tempo para dar continuidade aos trabalhos nos campos. Por enquanto, as primeiras áreas colhidas apresentam produtividade ao redor de 130 sacas do grão por hectare.

Segundo o presidente do Sindicato Rural do município, Silvanir Rosset, a projeção é que os trabalhos nos campos ganhem ritmo a partir dessa semana. “Alguns produtores até colheram, mas a umidade estava acima de 30% e as cooperativas passaram a não aceitar o índice elevado de umidade”, destaca.

Além disso, o presidente também destaca que os ventos fortes acamaram algumas lavouras de milho na região. “Tivemos algumas variedades que não resistiram e acamaram na localidade. Com isso, muitos produtores estão recorrendo ao seguro. Contudo, foram situações pontuais e não deverá impactar na produção total do município”, ressalta Rosset.

Paralelamente, os custos de produção mais altos já pesaram no bolso dos produtores rurais nesta temporada. Mesmo com o investimento em tecnologia, os agricultores gastaram mais em aplicações nas lavouras para conter a doenças. Em contrapartida, as cotações do cereal recuaram e estão ao redor de R$ 19,00/sc.

“Nesses patamares, temos produtores que irão ficar devendo. Precisamos produzir muito para obter lucro. Alguns agricultores conseguiram fechar negócios antecipados entre R$ 24,00 a R$ 25,00 a saca do milho. Porém, muitos ficaram esperando o valor chegar a R$ 30,00 e agora terão que vender o cereal a R$ 19,00”, acredita o presidente.

Trigo

Após a colheita do milho, alguns produtores deverão investir na cultura do trigo. “Mas devido à incerteza em relação ao retorno da cultura, a grande maioria irá apenas fazer a cobertura do solo com o plantio da aveia”, diz Rosset.

Safra 2015/16

Já em relação ao planejamento da próxima safra, o presidente ainda sinaliza que, as compras estão adiantadas e foram feitos negócios antecipados com a soja a R$ 64,00 a R$ 65,00 a saca. 

Tags:
Por:
Fernanda Custódio
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário