"Pra que adiar? Vamos acabar logo com isso!" (João Batista Olivi e Aleks Horta)

Publicado em 05/10/2018 17:50 e atualizado em 07/10/2018 23:17
1633 exibições
Onda Pró-Bolsonaro aumenta chance de vitória no primeiro turno, mas ainda é cedo para comemorar
João Batista Olivi e Aleksander Horta - Jornalistas

Podcast

Pra que adiar? Vamos acabar logo com isso?!

Download

Bolsonaro diz que, se houver 2.o turno, PT poderá "mentir mais"

(Reuters) - O candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, em transmissão ao vivo em sua conta no Facebook, repetiu apelos pelo voto útil em seu nome com vistas a tentar vencer a eleição já no primeiro turno.

Bolsonaro reiterou no vídeo o pedido para que eleitores que pretendem votar em outro candidato que coloquem seu número na urna eletrônica no domingo para vencer a eleição no primeiro turno e evitar uma nova rodada de votação no fim do mês contra o candidato do PT, Fernando Haddad, que aparece em segundo lugar nas pesquisas.

"Meus amigos, vamos evitar um segundo turno Jair Bolsonaro e Fernando Haddad, do PT. Eles têm muito mais poder de fogo, munição, dinheiro do que nós. Têm uma capacidade de mentir enorme", disparou.

"Com todo o respeito que eu tenho aos demais candidatos, sem citar nome aqui, tem bons candidatos, mas votar neles é insistir, é fazer que jogue isso para o segundo turno. Ele não vai chegar", disse.

"A gente pede o voto útil porque é melhor adiantar agora do que deixar para um possível segundo turno. A gente sabe o que esses caras podem fazer, tudo pode acontecer", afirmou.

Bolsonaro tem 41% dos votos válidos, mostra pesquisa da Crusoé/Inst. Paraná

Jair Bolsonaro tem 41% de votos válidos na pesquisa da Crusoé/Inst. Paraná. Ele nunca esteve tão próximo de uma vitória no primeiro turno.

Se uma parte do eleitorado de Geraldo Alckmin, João Amoêdo e Alvaro Dias optar pelo voto útil para derrotar o PT, a disputa será decidida neste domingo.

Bolsonaro 35% x 22% Haddad (Crusoé)

A Crusoé acaba de divulgar o resultado de sua última pesquisa, encomendada ao Instituto Paraná. 

Jair Bolsonaro chegou a 34,9% e abriu 13 pontos de vantagem sobre Fernando Haddad, que estacionou em 21,8%.

A chance de uma vitória no primeiro turno é maior do que se presume.

Bolsonaro está 9 pontos à frente no segundo turno

A pesquisa da Crusoé mostra que, no segundo turno, Jair Bolsonaro ganha com folga de Fernando Haddad.

Ele tem 47,1% dos votos e o poste tem 38,1% – uma vantagem de nove pontos.

Bolsonaro é o menos rejeitado

Jair Bolsonaro é o candidato menos rejeitado na pesquisa da Crusoé, com 48,6%, 3 pontos a menos do que na semana passada   — acompanhe a transmissão ao vivo AQUI.

Murilo Hidalgo, do Instituto Paraná, destacou o fato de que Fernando Haddad é rejeitado por aproximadamente 40% dos eleitores nordestinos.

Leia também: 

>> DataPoder360: nos votos válidos, Bolsonaro tem 33% e Haddad vai a 27%

Para a XP, Bolsonaro tem 14 pontos de vantagem

A pesquisa da Crusoé deu o rumo. E todos os outros levantamentos vieram atrás.

A pesquisa da XP, divulgada hoje, mostra Jair Bolsonaro com 36% dos votos e Fernando Haddad com 22%.

O candidato do PSL, assim como em nossa pesquisa, aparece com 41% dos votos válidos.

Se eleito, Bolsonaro não vai privatizar a Petrobras e ‘tudo o que for estratégico’

O Estadão noticia que em um eventual governo de Jair Bolsonaro, as concessões no setor de infraestrutura seriam aceleradas e intensificadas.

O plano de privatização da Eletrobras seria mantido, mas a Petrobras e “tudo o que for estratégico” não entrariam nesta lista.

A reportagem acrescenta que estatais como a Valec e a EPL teriam suas estruturas reavaliadas, podendo serem fechadas.

Equipe econômica de Bolsonaro ‘acelera os trabalhos’

O Valor registra que o núcleo de economistas da campanha de Jair Bolsonaro acelera os trabalhos para ter prontas as primeiras medidas de um eventual governo.

A proposta, diz o jornal, é começar por cortar as despesas que Michel Temer autorizou colocar no projeto de lei orçamentária para 2019.

O Antagonista: Bolsonaro cresce entre eleitores de todas as escolaridades, mostra Datafolha

O Datafolha publicou hoje mais um desdobramento de sua pesquisa divulgada ontem, que mostra o crescimento de Jair Bolsonaro entre eleitores de todas as escolaridades.

Os eleitores com ensino superior dão maior vantagem ao presidenciável do PSL. O percentual de Bolsonaro nesse segmento era de 37% na sexta passada e saltou para 44% ontem.

No eleitorado de menor escolaridade, Fernando Haddad vence, mas o deputado encostou. O petista oscilou um ponto, de 27% para 28%, enquanto Bolsonaro cresceu de 18% para 23%.

Haddad é campeão de rejeição no Sul, Sudeste e Centro-Oeste

Outro desdobramento da pesquisa Datafolha de ontem mostra que Fernando Haddad é o campeão de rejeição nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste do país, registra a Folha.

O Centro-Oeste é hoje a região que mais rejeita o poste de Lula –48%, quatro pontos percentuais a mais que na pesquisa anterior.

No Sul, a rejeição a Haddad é de 46%, dez pontos acima da de Bolsonaro. No Sudeste, 47% dizem que não votam no petista de jeito nenhum, ante 40% que rejeitam o deputado.

“A onda Bolsonaro em redutos lulistas é um fato”

O deputado federal Guilherme Coelho, do PSDB de Pernambuco, disse a O Antagonista que rodou 16 municípios do estado nos últimos dias e pode atestar que “a onda Bolsonaro em redutos lulistas é um fato”.

“É uma onda forte. E, veja bem, muita gente não divulga voto ainda, principalmente aqui na região Nordeste. Porque como o camarada foi petista a vida toda, ele tem até vergonha de dizer que não é mais. Mas você nota que, de fato, existe uma onda Bolsonaro. É fato, é incontestável.”

O parlamentar acredita, inclusive, que a tal onda pode varrer também na reta final destas eleições candidatos da esquerda ao governo e ao Senado que aparecem bem nas pesquisas.

No próximo domingo, Coelho votará em Geraldo Alckmin.

Um voto para a esquerda e outro para Bolsonaro

Como registramos há pouco, Jair Bolsonaro disparou no Nordeste.

O Antagonista conversou com candidatos — de vários partidos — que estão em campanha pela região e ouviu deles que há “fenômenos interessantes acontecendo”.

Os políticos estão observando que há eleitores em Pernambuco, por exemplo, que votarão em Paulo Câmara (PSB) para o governo e em Bolsonaro para presidente; no Maranhão, em Flávio Dino (PC do B) e em Bolsonaro; e no Piauí, em Wellington Dias (PT) e em Bolsonaro.

Datafolha: Bolsonaro cresce entre eleitores de todas as escolaridades

O Datafolha publicou hoje mais um desdobramento de sua pesquisa divulgada ontem, que mostra o crescimento de Jair Bolsonaro entre eleitores de todas as escolaridades.

Os eleitores com ensino superior dão maior vantagem ao presidenciável do PSL. O percentual de Bolsonaro nesse segmento era de 37% na sexta passada e saltou para 44% ontem.

No eleitorado de menor escolaridade, Fernando Haddad vence, mas o deputado encostou. O petista oscilou um ponto, de 27% para 28%, enquanto Bolsonaro cresceu de 18% para 23%.

Fonte: NA +Reuters + O Antagonista

1 comentário

  • Paulo Roberto Rensi Bandeirantes - PR

    Sr. João Batista, sonho um sonho utópico, que o mundo seja habitado por pessoas livres de maus pensamentos.

    Vivemos num momento que não se distingue Fatos de Fakes. Isso em função da velocidade em que as notícias são veiculadas e, a interligação global.

    Nesta data foi revelado os ganhadores do Prêmio Nobel da Paz de 2018. São dois ativistas que lutam contra a violência sexual como arma de guerra. Segundo a academia Sueca eles competiram com outros 500 indicados, mas levaram o prêmio, mais do que merecido.

    Agora fico me perguntando: Como estaríamos hoje se o Lula tivesse "levado" o Prêmio Nobel da Paz?

    Sim, segundo consta, teve muita gente dizendo na época em que ele era "o cara", atributo dado por Barack Obama numa das reuniões onde se encontraram, que existia indicações para ser laureado com tal honraria.

    Muitas vezes seus militantes o compararam com Nelson Mandela, o ex-guerrilheiro que se tornou presidente da África do Sul e ganhador do Prêmio Nobel da Paz.

    Mandela foi condenado a prisão perpétua por atos terroristas, mas o Kremlin conseguiu, como consegue coisas absurdas até os dias atuais, em todo o mundo; a sua liberdade e através de uma manipulação das massas, elevá-lo à presidente do país.

    A história contada por marxistas, é rica de labirintos que se bifurcam, ou seja, encontrou um labirinto, este se bifurca. Encontrou outro, pronto, se bifurcou.

    O atual ex-vice, que não é mais vice, mas é Lula, cujo apelido é Haddad, mas é "Lula Haddad", quando se faz uma pergunta a esse avatar "faz de conta", nos deparamos com uma resposta, que é uma sequência de labirintos que se bifurcam, deixando zonzo o mais inteligente ouvinte de suas falas. Logo, "Lula Haddad" é só mais um labirinto que se bifurca, ou em outras palavras, são as estradas que levam ao resultado da aplicação das doutrinas marxistas pelo redor do mundo... ... ... A LUGAR NENHUM !!! ... ou melhor ... ... AO INFERNO COMUNISTA !!!

    4