Em Boa Vista (RR), lavouras de soja apresentam boas condições e perspectiva é de safra cheia

Publicado em 23/07/2015 10:41
Em Boa Vista (RR), lavouras de soja apresentam boas condições e perspectiva é de safra cheia. Chuvas contribuem para o bom desenvolvimento das plantações. Produtividade média deve ficar próxima de 50 sacas do grão por hectare. Já os preços da saca da oleaginosa giram em torno de R$ 66,00 a R$ 67,00, valores que cobrem os custos de produção.

Na região de Boa Vista (RR), as lavouras de soja apresentam boas condições. Até o momento, as chuvas têm contribuído para o bom desenvolvimento das plantações e a perspectiva é de uma safra cheia nesta temporada. A produtividade média deve ficar próxima de 50 sacas do grão por hectare.

Contudo, algumas áreas poderão alcançar entre 60 até 70 sacas da oleaginosa por hectare, conforme destaca o produtor rural do município, Juarez Vendrusculo. “Conseguimos plantar a soja dentro da janela ideal e o clima tem sido bastante favorável. Até agora, temos 100% de aproveitamento”, ressalta.

Ao todo, nesta safra foram semeados no estado em torno de 25 mil hectares com a soja convencional. Em sua maioria, os produtores utilizaram a variedade Tracajá, desenvolvida para a região pela Embrapa. Além disso, o grão produzido em Roraima apresenta de 4% até 5% a mais de óleo, fator decorrente do clima diferenciado. Em média, são 12 horas de luz por dia e a temperatura média fica entre 23ºC a 33º C ao longo do ano.

“O clima é um dos grandes diferenciais do estado em comparação a outras regiões do país. Do mesmo modo, o solo também é diferente. Em Roraima, em áreas de abertura e primeiro ano conseguimos obter uma boa produtividade. Já em outros estados precisamos fazer uma correção no solo”, explica Vendrusculo.

Comercialização

Em Boa Vista, a saca da soja é negociada entre R$ 66,00 a R$ 67,00 no momento, valores que, na visão do produtor, cobre os custos de produção. “Temos os custos próximos de R$ 1.800 a R$ 2 mil por hectare, dependendo do investimento feito pelo produtor. Mas temos duas vantagens, primeiro é a localização, estamos a 750 km de Manaus e a 1 mil km do Porto de Itacoatiara. E também cerca de 99% dos produtores não pagam o arrendamento das terras, pois temos boas condições de negociação e aquisição das áreas”, ressalta o produtor.

Paralelamente, boa parte da produção da região é exportada e, além do mercado russo, há outros países interessados na soja produzida no estado, ainda segundo destaca Vendrusculo.

Confira as fotos da soja produzida na região de Boa Vista. Envio do produtor Aluízio Nascimento:

Tags:
Por:
Fernanda Custódio
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário