Mesmo com chuvas irregulares, produtores iniciam plantio da soja na região de Cristalina (GO)

Publicado em 29/10/2015 10:20
Mesmo com chuvas irregulares, produtores iniciam plantio da soja na região de Cristalina (GO). Temperaturas mais altas previstas para o mês de janeiro podem impactar produtividade das lavouras, que estarão em fase de enchimento de grãos. Contratos foram feitos entre R$ 65,00 a R$ 75,00 a saca. Agricultores também estão preocupados com janela ideal de plantio da safrinha de milho.

As chuvas continuam irregulares na região de Cristalina (GO), mas mesmo assim, os produtores arriscam e avançam com a semeadura da oleaginosa. No final de semana, algumas localidades receberam precipitações entre 40 mm a 60 mm, o que elevou o índice de umidade do solo, porém, o ideal seria cerca de 100 mm de chuvas.

Além disso, o engenheiro agrônomo da localidade, Edson Brito, ressalta que as temperaturas ainda permanecem elevadas. “E os produtores já se preocupam com a previsão de temperaturas mais altas para janeiro de 2016, pois as lavouras estarão em fase de enchimento de grãos e podemos ter o comprometimento da produtividade das plantações”, completa.

Em relação aos trabalhos nos campos, o engenheiro destaca que se comparado ao no passado, o plantio segue em ritmo normal. Mas em comparação com a média dos últimos anos, há um atraso, ainda assim, os agricultores ainda estão dentro da janela ideal de plantio da oleaginosa. Paralelamente, ainda há uma apreensão com a janela da safrinha de milho.

“Se plantarmos a safrinha de milho até 15 de fevereiro ainda conseguimos obter um rendimento positivo com a cultura”, acredita Brito.

Enquanto isso, os produtores da região fecharam negócios antecipados para a cultura da soja entre R$ 65,00 até R$ 75,00 a saca. 

Tags:
Por:
Fernanda Custódio
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário