Em Astorga (PR), chuvas retornam à região e contribuem para o desenvolvimento das lavouras de soja

Publicado em 16/12/2016 10:41 e atualizado em 16/12/2016 14:50
309 exibições
Plantações ficaram mais de 20 dias sem chuvas, mas cenário não trouxe prejuízos para a produção. Precipitações são previstas para a localidade no início da próxima semana. Saca da soja é cotada a R$ 70,00, mas negócios estão mais lentos. Parte dos produtores travou a soja com valores entre R$ 80,00 até R$ 85,00 a saca.
Confira a entrevista de Guerino Guandalini - Pres. Sind. Rural de Astorga/PR

Podcast

Em Astorga (PR), chuvas retornam à região e contribuem para o desenvolvimento das lavouras de soja

Download

 

O plantio da soja da safra 2016/17 já foi concluído no estado do Paraná. E, de acordo com informações do último boletim do Deral (Departamento de Economia Rural), em torno de 97% das lavouras apresentam boas condições. Cerca de 44% das plantações estão em fase de desenvolvimento vegetativo e 40% em floração.

Na região de Astorga, as plantas também apresentam boas condições até o momento. Após 20 dias de estiagem, no mês de novembro, as chuvas retornaram à localidade beneficiando o desenvolvimento da cultura. E a perspectiva é de uma boa produtividade nesta temporada.

“O produtor estava preocupado, achando que as lavouras teriam perdas, mas, felizmente, as chuvas vieram e as plantações estão bonitas. E não há apreensão em relação à sanidade das lavouras, com isso, a projeção é de uma safra satisfatória”, pondera o presidente do Sindicato Rural do município, Guerino Guandalini.

Comercialização da soja

Alguns produtores fecharam negócios antecipados com a soja com a saca entre R$ 80,00 a R$ 85,00. Porém, atualmente, os preços estão mais baixos e a saca da oleaginosa é cotada próxima de R$ 70,00 na região. “Os agricultores ainda esperam uma melhora nos preços para retornarem aos negócios”, acredita Guandalini. 

Por: Fernanda Custódio
Fonte: Notícias Agrícolas

1 comentário

  • Rudinei Luis Erpen Lagoão - RS

    Aqui no RS ainda aguardamos as chuvas..., e, se não bastasse a falta de chuvas, a temperatura é outro interveniente.., aqui está fazendo um frio de andar de casaco, a 6 dias do início do verão... Esperamos pelo menos que os preços em Chicago se recuperem para podermos pagar nossos custos e visar algum lucro.

    1
    • Yuri Raffler Sao Alberto Paraguay - PR

      Não se preocupe com o frio...

      11