Lavouras de soja se desenvolvem bem e Roraima deve ter produtividade média maior do que 50 sacas por hectare

Publicado em 11/07/2019 14:55
859 exibições
Com calendário diferenciado do restante do Brasil, estado deve colher o grão entre agosto e setembro. Com menos de 50% da produção negociada, produtores apostam em melhora dos preços no momento da colheita.
Ermilo Paludo - Presidente da APRROR

Podcast

Entrevista com Ermilo Paludo - Presidente da APRROR sobre o Acompanhamento de Safra da Soja

Download

LOGO nalogo

Roraima é o estado mais ao norte do Brasil e por isso possui um calendário diferente das demais região do país para a safra de soja. Neste momento as lavouras estão em pleno desenvolvimento e os trabalhos de colheita devem começar entre os dias 10 e 15 de agosto e se estender até meados de setembro.

Segundo Ermilo Paludo, presidente da APRROR e produtor rural, o desenvolvimento desta safra está muito bom, com o clima favorecendo e as chuvas dentro do que era esperado. Sendo assim, a expectativa dos produtores é de que o estado ultrapassa a barreira das 50 sacas por hectare de produtividade média.

Com muitas novas terras destinadas ao plantio do grão, Roraima registrou aumento de área cultiva e deve garantir lucro para os produtores nesta safra. Isso porque, durante a colheita estadual os preços da soja costumam estar melhores favorecendo os agricultores roraimenses, que ainda esperam para negociar mais da metade de sua produção.

Confira a íntegra da entrevista com o presidente da APRROR no vídeo.

Por: Guilherme Dorigatti
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário