Chuvas fracas, irregulares e calor devem atrasar a cana em Jaú (SP), mesmo voltando a 180 mm no mínimo; pragas aumentam

Publicado em 11/01/2019 17:37
449 exibições
Período de novembro/dezembro a abril, que responde por 70% do desenvolvimento das lavouras, está comprometido. Ainda que a cana responda rápido, além de chuvas com densidade, será preciso regularidade e boa distribuição. Média de janeiro na região está em 40 mm, quando historicamente já foi de mais de 300 mm. Brocas e cigarrinhas também aumentaram, elevando os custos do produtor.
Anibal Pacheco De Almeida Prado - Engenheiro Agrônomo e Consultor

Podcast

Entrevista com Anibal Pacheco De Almeida Prado - Engenheiro Agrônomo e Consultor sobre a cana atrasada

Download

 

Nenhum comentário