Soja: Mercado intensifica realização de lucros com pressão do petróleo nesta 3ª feira

Publicado em 29/11/2016 13:56
428 exibições

O mercado internacional da soja intensificou seu movimento de realização de lucros na tarde desta terça-feira (29) e, por volta das 13h30 (horário de Brasília), as baixas passavam de 10 pontos entre os principais contratos. Mais cedo, as cotações chegaram a ceder cerca de 15 pontos. Assim, o vencimento janeiro/17 era negociado a US$ 10,45 por bushel, enquanto o maio/17, referência para a safra do Brasil, valia US$ 10,59. 

As tensões às vésperas da reunião da Opep (Organização dos Países Exportadores de Petróleo) ao redor das especulações sobre a possibilidade de Irã e Iraque resistirem a pressão da Arábia Saudita sobre a redução da produção de petróleo trouxe uma severa pressão sobre os futuros da commodity, que acabou puxando as demais. Somente em Nova York, o petróleo cedia mais de 4% na tarde de hoje. 

Leia mais:

>> Irã e Iraque resistem à pressão da Arábia Saudita às vésperas de reunião da Opep

E a pressão veio a acentuar o movimento de liquidação de posições por parte dos fundos de investimentos, após sete sessões consecutivas de altas na CBOT. "A soja lidera as baixas entre o mercado de grãos, com o vencimento janeiro sentindo o impacto maior", explica Bryce Knorr, analista sênior do portal internacional Farm Futures. 

Entretanto, os analistas seguem reforçando o potencial dos fundamentos sobre esse mercado, especialmente os de demanda. Ontem, o USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) reportou seu novo boletim semanal de embarques de grãos indicando uma nova semana forte para a soja, com mais de 2 milhões de toneladas e um acumulado na temporada que já supera em 19% o total do mesmo período do ano comercial 2015/16.

Tags:
Por: Carla Mendes
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário