Semana começa com chuvas em vários pontos do Brasil

Publicado em 11/01/2016 07:02 e atualizado em 11/01/2016 07:49
686 exibições

Muitas áreas de instabilidade podem ser observadas sobre grande parte das regiões Sul, Sudeste e Centro-oeste nessa segunda-feira. Com isso, há previsões para pancadas de chuvas ao longo do dia em todo o Paraná, Santa Catarina, São Paulo, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Goiás, Rondônia e faixas sul e oeste de Minas Gerais. Também há previsões de chuvas para a faixa norte da região Nordeste devido a formação de um vórtice ciclônico de altos níveis. Somente no Rio Grande do Sul, Espírito Santo e metade sul da Bahia é que o tempo seguirá mais estavél que dessa forma, com baixa possibilidade para ocorrencias de chuvas.

Essas chuvas estao sendo bastante benéficas à todas as culturas, uma vez que mantem os solos com níveis elevados de umidade, favorecendo o desenvolvimento das lavouras. Somente no Paraná e em alguns pontos do Mato Grosso do Sul, em especial na região sul é que essas chuvas poderão vir a atrapalhar o pleno andamento da colheita da soja. Mas mesmo assim, não trará perdas as lavouras, apenas paralisações nas atividades agrícolas. No Rio Grande do Sul, o tempo firme vêm possibilitando tanto a realização dos tratos culturais como o pleno desenvolvimento das lavouras, uma vez que os solos apresentam níveis razoáveis de umidade.

E esse padrão meteorológico deverá se manter inalterado ao longo de toda a semana, ou seja, novas áreas de instabilidade continuarão se formando sobre todo o Brasil e com isso provocando pancadas de chuvas. Diferentemente de janeiro do ano passado que foi extremamente seco e quente, nesse ano, janeiro tende a ser mais chuvoso, permitindo que as condições se mantenham favoráveis ao desenvolvimento de todas as lavouras. Porém, em uma ou outra região, principalmente do Paraná, Mato Grosso do Sul e de São Paulo, a frequência de dias com pancadas de chuvas poderá inviabilizar algumas atividades agrícolas, além de permitir que as condições se mantenham favoráveis a proliferação de doenças.  

Alerta Agroclimático - 11 de janeiro 2016Alerta Agroclimático - 11 de janeiro 2016

Alerta Agroclimático - 11 de janeiro 2016Alerta Agroclimático - 11 de janeiro 2016

Tags:
Por: Marco Antônio dos Santos, agrometeorologista da Somar
Fonte: Somar Meteorologia

Nenhum comentário