Boi gordo, por Scot Consultoria: Cenário é de poucos negócios nas praças paulistas

Publicado em 22/09/2021 16:56 171 exibições

Thayná Drugowick
zootecnista
Scot Consultoria
 

Com programações de abate atendendo em média oito dias, e sem necessidade de aumentar a produção em função do marasmo do consumo de carne bovina, o cenário é de poucos negócios
nas praças paulistas.

Na comparação feita dia a dia, as cotações do boi gordo e da novilha gorda permaneceram estáveis, no entanto, o menor ímpeto das negociações envolvendo vaca gorda resultou em queda de R$2,00/@ para a categoria.

Sendo assim, o boi, vaca e novilha gordos estão sendo negociados, em R$302,00/@, R$283,00/@ e R$299,00/@, respectivamente, preços brutos e a prazo. 

Espírito Santo

Apesar das escalas estarem encurtando, atendendo em média três dias, as cotações para as três categorias destinadas ao abate permaneceram estáveis na comparação com o fechamento de ontem (21/9). 

A referência para o boi gordo no estado está em R$297,00/@, considerando o preço bruto, a prazo, R$296,50/@, com desconto do Senar, e R$292,50/@ com desconto do Funrural e Senar.

Acre 


A maior oferta de animais terminados, e o alongamento das escalas de abate no estado resultou em queda de R$1,00/@ para o boi gordo e R$2,00/@ para vacas e novilhas gordas na comparação diária.

Dessa forma, o boi gordo está negociado em R$285,00/@, e vaca e novilha gordas R$273,00/@, preços brutos e a prazo. 

Fonte:
Scot Consultoria

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário