Scot Consultoria: Calmaria no mercado pecuário paulista

Publicado em 06/12/2021 17:18 117 exibições

Sophia Honigmann
médica-veterinária  
Scot Consultoria

A semana abriu com grande parte das indústrias analisando o mercado para definir o patamar de preços a serem praticados. Apesar disso, alguns compradores começam a pressionar as cotações para baixo.  

Na comparação feita dia a dia, a referência para o boi, vaca e novilha gordos ficou estável, cotados em R$320,00/@, R$299,00/@ e R$309,00/@, respectivamente, preços brutos e a prazo.

Norte de Minas Gerais

Com a oferta de animais terminados escassa na região, a cotação do boi gordo subiu R$2,00/@, a da vaca gorda R$3,00/@ e da novilha gorda R$5,00/@, na comparação feita dia a dia.

Com isso, o boi está apregoado em R$324,00/@, a vaca em R$310,00/@ e a novilha em R$315,00/@, preços brutos e a prazo.

Cuiabá – MT

Na região, as escalas de abate confortáveis e o menor empenho dos compradores pressionou as cotações do boi gordo e da vaca gorda, registrando queda de R$1,00/@ na comparação diária. A cotação da novilha ficou estável.

Assim, o boi gordo está sendo negociado por R$303,00/@, a vaca por R$293,00/@ e a novilha por R$296,00/@, preços brutos e a prazo.


Exportação de carne bovina in natura


Em novembro, foram exportadas 81,2 mil toneladas de carne bovina in natura, com um faturamento de 399,6 milhões de dólares. O volume foi 1,2% menor que o mês anterior e o pior desempenho desde junho de 2018.

Fonte:
Scot Consultoria

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário