Scot Consultoria: Recuo nos preços em todas as categorias de bovinos destinados ao abate

Publicado em 08/12/2021 17:45 336 exibições

Amanda Skokoff
Analista de mercado  
Scot Consultoria
 

Nas praças paulistas, o mercado iniciou o dia ofertando R$1,00/@ a menos em todas as categorias. As escalas estenderam-se nos últimos dias e já atendem, em média, 10 dias, o que tem contribuído para o cenário de pressão de baixa nos preços. Algumas indústrias já se afastaram das compras e seguem apenas observando a movimentação do mercado.

Com isso, a referência para o boi, vaca e novilha gordos estão, respectivamente, em R$317,00/@, R$298,00/@ e R$308,00/@, preços brutos e a prazo.

Rondônia 

No estado, a pressão de baixa também resultou em queda para todas as categorias de animais terminados. O preço do boi gordo recuou R$2,00/@ e para as fêmeas a queda foi de R$1,00/@.

Assim, boi, vaca e novilha gordos são negociados, respectivamente, em R$297,00/@, R$286,00/@ e R$288,00/@, preços brutos e a prazo.

Marabá-PA

O mesmo cenário de escalas se alongando e compradores saindo das compras, pressiona os preços na região. O boi e vaca gordos registraram um recuo de R$1,00/@ e estão negociados em R$289,00/@ e R$279,00/@, preços brutos e a prazo. Já para a novilha, preços estáveis, negociada em R$280,00/@, nas mesmas condições.
 
Exportação de carne bovina
 
Até a primeira semana de dezembro o Brasil exportou 15,9 mil toneladas de carne bovina in natura. A média diária exportada foi de 5,3 mil toneladas, volume 18,4% menor quando comparado ao mesmo período no ano passado.
 

Fonte:
Scot Consultoria

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário