Fala Produtor - Mensagem

  • Arnaldo Reis Caldeira Jr. Carmo da Cachoeira - MG 24/01/2007 23:00

    Hoje gostaria de fazer algumas considera&ccedil;&otilde;es sobre dois assuntos:<br />O primeiro &eacute; referente &agrave; cafeicultura.<br />Os dados que tenho a lhe passar s&atilde;o o seguine :<br />Aqui em Carmo da Cachoeira, j&aacute; faz 30 dias que chove todos os dias, <br />uns dias mais intensos, outros menos intensos.<br />Gostar&iacute;a de lembrar que estresse, como cita Aur&eacute;lio significa: <br />&quot;Conjunto de rea&ccedil;&otilde;es do organismo, &agrave; agress&otilde;es de origens diversas,<br />capazes de perturbar-lhe o equil&iacute;brio interno.&quot;<br />Ou seja refere-se ao DESCONTROLE do organismo.<br />Assim por analogia, chegamos ao fato de que o ESTRESSE, pode ser<br />causado por d&eacute;fict (falta) ou super&aacute;vit (excesso) de algum fator externo; no caso em quest&atilde;o a CHUVA.Assim sendo muita chuva tamb&eacute;m desquilibra o cafeeiro !<br />As plantas podem parecer bonitas forndozas, devido a carga de nitrog&ecirc;nio, que <br />teoricamente as chuvas rep&otilde;es &agrave;s folhas - por&eacute;m &eacute; sabido que o aumento de <br />um s&oacute; elemento (nitrog&ecirc;nio), trava a planta e prejudica a absor&ccedil;&atilde;o dos outros elementos, assim causando desequilibrio e prejudicando a produtividade.<br />Fora isso, o exceso de chuvas dificulta os tratos nas lavouras - pulveriza&ccedil;&otilde;es e aplica&ccedil;&otilde;es e herbicidas, ou seja o fornecimento de microelementos e combate as pragas daninhas que concorrem com o cafeeiro.<br />Sintetizando, h&aacute; mais contras do que pr&oacute;s neste excesso de chuvas !<br />E ainda sim publicam notas esdr&uacute;xulas como &agrave;s de ont&eacute;m.<br /> <br />O segundo assunto &eacute; sobre o plano do Senhor Roberto Rodrigues.<br />Sem querer ser pessimista, por&eacute;m sendo realista, vamos aos fatos :<br />1. Estou com o Miguel Daoud :<br />Se o governo n&atilde;o controlar a farra com o dinheiro p&uacute;blico, abaixar os impostos<br />e desvalorizar o real, pode vir o plano que vier, &eacute; tendencioso ao fracasso.<br />2. O senhor Roberto Rodrigues (com todas as suas qualidades - o que &eacute; indiscut&iacute;vel) teve 3,5 anos como representante do governo em rela&ccedil;&atilde;o &agrave; agricultura e os resultados nao foram os melhores.<br />E sabem porque ? Pois n&atilde;o tinha e n&atilde;o tem tr&acirc;nsito algum no governo.<br />Tudo (que se refere &agrave; agricultura) j&aacute; vinha arquitetado / determinado do pal&aacute;cio do planalto para sua realiza&ccedil;&atilde;o. Minha opini&atilde;o &eacute; que o Sr. Roberto Rodrigues foi usado como um escudo para blindar o governo dos agropecuaristas.<br />3. Quem possui destaque junto ao governo &eacute; o minist&eacute;rio do DESENVOLVIMENTO AGR&Aacute;RIO E REFORMA AGR&Aacute;RIA E n&atilde;o o da Agricultura !<br />4. Quanto &agrave; bancada ruralista, n&atilde;o se manteve n&atilde;o, ficou enfraquecida; posso citar dois deputados federais que n&atilde;o se reelegeram : Silas Brasileiro e Xico Graziano.<br />Assim sendo, com todas estas informa&ccedil;&otilde;es, que considero, s&atilde;o diretas do campo, e n&atilde;o de gabinetes, n&atilde;o posso me iludir, com propostas milaborantes, elaboradas por tecnocratas !<br /> <br />Um grande abra&ccedil;o.<br />Arnaldo Reis Caldeira J&uacute;nior<br />Cafeicultor - Carmo da Cachoeira - Minas gerais<br />

    0