Goldman Sachs vê potencial de queda para preços das commodities agrícolas no segundo semestre

Publicado em 12/06/2013 15:47 661 exibições

Na manhã desta quarta-feira (12), o banco de investimentos Goldman Sachs informou que vê expressivo potencial de queda para os preços futuros das commodities agrícolas no segundo semestre deste ano, caso as condições climáticas adversas não dêem suporte às cotações no mercado internacional.

A projeção é baseada na grande safra da América do Sul, seguida por uma produção recorde na América do Norte, se o clima for favorável ao desenvolvimento da safra norte-americana. Segundo o 9º levantamento da safra divulgado na semana anterior pela Conab (Companhia Nacional de Abastecimento), a produção brasileira de grãos deverá totalizar 184,30 milhões de toneladas nesta safra.

De acordo com o analista de mercado, Eleandro Mori, a estimativa está ligada mais à questão financeira global do que com os fundamentos do mercado. “A nível mundial certa desaceleração das economias, mas ainda temos um período de clima que poderá influenciar muito sobre as safras. Então, é cedo para fazer avaliação sobre isso”, afirma o analista.

 

Tags:
Por:
Fernanda Custódio
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário