Seminário debate nesta quinta-feira (13) desenvolvimento do Noroeste de Minas

Publicado em 13/06/2013 12:41 393 exibições
Evento, organizado pelo Fórum do Futuro, contará com a participação dos ex-ministros Alysson Paolinelli, Roberto Rodrigues e Paulo Hadadd

O Fórum do Futuro, entidade voltada ao debate de propostas para o desenvolvimento regional, promove nesta quinta-feira (13), das 8h às 19h, no Hotel Fazenda Curva do Rio, em Unaí (MG), o seminário 40 Anos de Plano Noroeste - A História do Futuro. O evento reunirá lideranças dos setores público e privado, acadêmicas, empresariais e políticas para debater o impacto da expectativa de aumento da demanda mundial de alimentos sobre as regiões produtoras e antecipar cenários econômicos até 2033.

 “A expectativa dos prefeitos dos 19 municípios da região é de que possamos sair do evento com boas ideias para promover o crescimento do Noroeste de Minas, com geração de emprego e renda e estímulo ao empreendedorismo”, diz o presidente da Associação dos Municípios da Microrregião Noroeste de Minas (Amnor) e prefeito de Dom Bosco, João Paulo da Silva.

Realizado em parceria com a Amnor, o seminário contará com a presença dos ex-ministros da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Alysson Paolinelli e Roberto Rodrigues e do ex-ministro da Fazendo Paulo Haddad. O secretário-adjunto de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior de Minas Gerais, Evaldo Vilela, o presidente da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Maurício Lopes, o prefeito de Unaí, Delvito Alves e o prefeito de Paracatu, Olavo Condé, também participarão do evento.

Agricultura tropical – O Noroeste de Minas foi escolhido para sediar o seminário sobre planejamento estratégico para o desenvolvimento sustentável por ser uma região símbolo da trajetória da moderna agricultura tropical brasileira. Nela, foram lançados, há quase 40 anos, o Programa de Cooperação Nipo-Brasileira para o Desenvolvimento dos Cerrados (Prodecer) e o Plano Noroeste de Minas, âncoras das inovações e de políticas de apoio à atividade agrícola que possibilitaram o desenvolvimento atual da agricultura naquela região de Minas e no Centro-Oeste brasileiro.

Diante das novas perspectivas para a produção agrícola brasileira, o Noroeste de Minas precisa se preparar para participar do esforço de atender a crescente demanda global por alimentos.  Neste contexto, é fundamental discutir as questões centrais que serão enfrentadas pela região nos próximos anos. O Noroeste de Minas necessita fortalecer as condições de escoamento da safra – especialmente o braço ferroviário Unaí-Pirapora e a conexão viária entre os seus municípios –, ter uma política que organiza a disponibilidade e o uso dos recursos hídricos; e se integrar a um Fundo de Desenvolvimento Constitucional, além de ampliar os investimentos em pesquisa, inovação e logística.

O debate sobre a estratégia de desenvolvimento para o Noroeste de Minas se insere no contexto das ações que a agricultora brasileira vem promovendo para atender o apelo do Fundo das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO) para aumentar a produção mundial de alimentos. A FAO estima que o Brasil precise produzir, nos próximos 20 anos, mais 100 milhões de toneladas de grãos para atender a crescente demanda global por alimentos. 

Serviço:
Seminário “40 Anos de Plano Noroeste - A História do Futuro”
 Onde: Hotel Fazenda “Curva do Rio”, em Unaí-MG
Quando: Quinta-feira (13.6), entre 8h e 19h.
 Assessoria de imprensa Fórum do Futuro
 Sala de Convergência
 Fernando Barros   
 Fone: (61) 9985-0206 / 3367-0425
 www.saladeconvergencia.com/site
 

 

Tags:
Fonte:
FPA

0 comentário