Faturamento com exportações do agronegócio é recorde em 12 meses

Publicado em 12/08/2013 12:47
573 exibições

Em junho de 2013, o faturamento com as exportações do agronegócio brasileiro alcançou cerca de US$ 9,3 bilhões, superando em 14% o valor exportado em junho de 2012, segundo indicam pesquisas do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada), da Esalq/USP. No agregado de janeiro a junho de 2013, o faturamento atingiu os US$ 50 bilhões, 11% acima do resultado obtido no mesmo período de 2012. No acumulado dos últimos 12 meses, houve expansão de 4% do valor exportado, superando os US$ 100 bilhões. 

De acordo com pesquisadores do Cepea, esse resultado foi possível principalmente pelo crescimento de volume embarcado de milho, açúcar, etanol, carne bovina, laranja (suco mais fruta), café e soja em grão. Em termos de preços, no entanto, apenas o farelo de soja, o grão de soja, as carnes de aves e suínas, milho e a celulose tiveram aumento. Dessa forma, o destaque do bom desempenho das exportações brasileiras do agronegócio em 2013 tem sido o crescimento do volume, uma vez que os preços dos principais produtos exportados como açúcar, etanol, café e suco de laranja, se mantiveram em queda no período.

Na comparação dos primeiros semestres de 2013 e 2012, registraram-se aumento de 20% no volume exportado, redução de 6% nos preços em dólares, desvalorização de 2% na taxa de câmbio efetiva real do agronegócio e queda de 4% na atratividade (IAT-Agro/Cepea) das exportações nacionais. Como resultado, o valor exportado, em dólar, cresceu 14% nesse período.

Para o segundo semestre deste ano, pesquisadores do Cepea indicam alguma redução no volume exportado frente ao primeiro semestre, devido ao período de entressafra das principais culturas brasileiras.  Quanto aos preços de exportação, devem seguir com maior influência da produção nos principais produtores mundiais, como os Estados Unidos. A demanda por alimentos deve continuar firme, puxada principalmente pela China e a Índia. Já do lado da oferta, os estoques mundiais de importantes commodities como soja, açúcar e café devem se manter em bons níveis, devido à safra favorável nos países produtores na temporada.

Tags:
Fonte: Cepea

Nenhum comentário