Plano Safra libera R$ 700 milhões a agricultores de Goiás

Publicado em 20/08/2013 14:02
380 exibições

Para incentivar e ampliar as oportunidades para os agricultores investirem na produção e aumentarem sua renda, o Governo Federal anuncia nesta quarta-feira (21), o Plano Safra da Agricultura Familiar 2013/2014 para o estado de Goiás. O lançamento ocorrerá às 15h, durante a abertura da 2ª Conferência Estadual de Desenvolvimento Rural Sustentável e Solidário, que será realizada de 21 a 23 de agosto. 

O Plano que vem mudando a realidade no campo, nos últimos dez anos, prevê para o estado R$ 700 milhões do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA). Desse valor, baseado nos contratos firmados em safras anteriores, R$ 345 milhões serão destinados para custeio e R$ 355 milhões para investimento. 

De acordo com o delegado federal do MDA no estado, Otacílio Teixeira, a solenidade vai incentivar e dar nova dinâmica para os agricultores. “É um conjunto de atividades que vai poder, além de levar informação, potencializar e qualificar técnicos e agricultores sobre o conjunto de políticas públicas, enquanto há uma estratégia de fortalecimento da agricultura familiar”, salienta. 

O investimento vai para auxiliar agricultores, associações, cooperativas que querem melhorar sua produção como a Cooper Uruana. Há quase oito anos, a cooperativa localizada no município de Uruana (GO), visa aumentar sua produção de leite e melancia. Para isso, os 156 cooperados utilizam crédito do Pronaf. “Às vezes, um compra trator e o outro, gado. Pela cooperativa, nós compramos tanque de leite para armazenar a produção, o que vai melhorar para o produtor e agregar mais valor ao produto”, explica o vice-presidente da cooperativa, Márcio Velasco Curado Junior. 

Leite e melancia 
Atualmente, a cooperativa produz cerca de oito mil litros de leite por dia e vende para todo o estado de Goiás e para os programas de Aquisição de Alimentos e Nacional de Alimentação Escolar (PAA e Pnae). Já a melancia é vendida também para São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte. 

De acordo com Otacílio, participarão do encontro estadual mais de 200 delegados territoriais que elaboraram propostas para melhor desenvolver o rural sustentável e solidário. 

Conferência 
A 2ª Conferência Estadual de Desenvolvimento Rural Sustentável e Solidário, que ocorre de quarta (21) a sexta-feira (23), antecede a 2ª Conferência Nacional, marcada para outubro, em Brasília. 

Os temas abordados são diversos: Desenvolvimento Socioeconômico e Ambiental do Brasil Rural e Fortalecimento da Agricultura Familiar; Reforma Agrária e democratização do acesso à terra e aos recursos naturais; Abordagem territorial como estratégia de desenvolvimento rural e promoção da qualidade de vida; entre outros. 

Recursos 
Para a safra 2013/2014, o Governo Federal anunciou recursos de R$ 39 bilhões que serão investidos nacionalmente nos programas que fortalecem a agricultura familiar e garantem a produção de alimentos no País. Só em crédito, os produtores poderão contar com R$ 21 bilhões. 

Tags:
Fonte: MDA

0 comentário