Argentina adota imposto para evitar "triangulação" nas exportações

Publicado em 10/01/2014 06:47 e atualizado em 10/01/2014 08:39 593 exibições

A Argentina introduziu um imposto retido na fonte para as empresas exportadoras que evitam pagar impostos nos embarques para alguns países ao escoar primeiro o grão para países com tratamento fiscal mais favorável.

O imposto na operação, que o governo chama de "triangulação", afetará principalmente grandes exportadores que operam em um dos maiores fornecedores de grãos do mundo.

As empresas que exportam através de um terceiro país com o qual a Argentina não tenha tratado fiscal devem pagar até 2 por cento do valor FOB das mercadorias, a título de antecipação do imposto de renda. Se o terceiro país tiver um acordo fiscal com Buenos Aires, o imposto retido antecipadamente será de 0,5 por cento.

Leia a notícia na íntegra no site da Reuters

Tags:
Fonte:
Reuters

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário