Entidades se unem para estimular plantio de grãos após colheita do tabaco

Publicado em 25/03/2014 11:15 298 exibições

A Secretaria da Agricultura, Pecuária e Agronegócio assinou, na terça-feira (25), logo após o ato de abertura da Expoagro Afubra, em Rio Pardo, termo de cooperação técnica com diversas entidades para que atuem, de forma conjunta, no estímulo do plantio de grãos, especialmente milho e feijão, após a colheita do tabaco.

De acordo com o secretário da Agricultura, Pecuária e Agronegócio, Claudio Fioreze, o termo estabelecerá o compromisso dos envolvidos na promoção daquela iniciativa, capaz de diversificar e aumentar a renda dos fumicultores. “A terra fica ociosa depois da colheita do fumo e com um volume considerável de nutrientes no solo, então, temos que aproveitar e explorar uma outra cultura para que tenhamos mais produção e mais renda”, explicou Fioreze.

Ele também defende investimentos em irrigação, já que os equipamentos podem e devem ser utilizados tanto quanto para o tabaco, como para as lavouras de grãos. “Isso aumenta a produção, a produtividade e a qualidade dos produtos”, explicou Fioreze.

A Secretaria da Agricultura dispõe de pelo menos dois programas que já trabalham neste sentido. O Mais Água, Mais Renda e o RS Mais Grãos, que subvencionam os investimentos na aquisição de sistemas de irrigação e na adaptação ou construção de estufas e estruturas de armazenagem, além de oferecer agilidade na obtenção das licenças e outorgas ambientais.

Assinarão o termo de cooperação a Associação dos Fumicultores do Brasil (Afubra), Sinditabaco, Fetag e Farsul.

Tags:
Fonte:
AFUBRA

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário