Argentina realiza missão para recuperar mercados agrícolas

Publicado em 13/10/2016 10:53
99 exibições

O ministro da Agroindústria da Argentina, Ricardo Buryaile, inicia hoje (13) uma missão internacional pela Itália, França e que terminará na Rússia, com o objetivo comercial de recuperar e abrir novos mercados.

"A produção agroindustrial e a capacidade do setor de desenvolver inovação tecnológica é reconhecida no mundo como um grande valor para o desenvolvimento da atividade. Este é o começo de uma nova etapa que coloca a Argentina como gôndola do mundo, porque, à exportação de alimentos, somamos também a transferência de tecnologia como um aporte substancial na luta contra a fome do mundo", disse o ministro.

Desta maneira, as vendas de produtos agroindustriais, as quais representam 66% das vendas totais do país ao exterior, somaram nesses mercados para a comercialização de 18 produtos animais, vegetais e também desenvolvimentos genéticos.

Segundo detalhou o Ministério da Agroindústria, a Argentina começou a enviar óleo de girassol e lã suja para a África do Sul; reprodutores bovinos, caprinos e ovinos, sêmen e embriões bovinos para desenvolvimento de gado para a Nigéria; e a Angola adquiriu bovinos para engorda.

À respeito da abertura desses mercados, a secretaria de Mercados Agroindustriais disse que "cada mercado requer negociações comerciais, tarifárias, sanitárias e fitossanitárias complexas. Nossa equipe trabalha junto ao Serviço Nacional de Sanidade e Qualidade Agroalimentar (Senasa) atendendo às demandas de cada setor produtivo local e a particularidade de cada destino internacional com suas exigências e condições. Nos comprometemos com um objetivo de gestão e estamos encaminhados. Os resultados mostram isso".

A missão que Buryaile fará junto a uma comitiva integrada por Marisa Bircher e o secretário de Valor Agregado, Néstor Roulet, começa no Ato de Abertura do Dia Mundial da Alimentação na sede mundial da Organização das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação (FAO), em Roma. Posteriormente, ele deve se encontrar também com o ministro da Agricultura italiano.

Depois, a comitiva irá a Paris para visitar a feira SIAL, onde serão feitas reuniões com o ministro da Agricultura francês, Stéphane Le Foll e Monique Eliot, diretora geral da Organização Mundial da Saúde Animal (OIE).

Por último, o ministro visitará a Federação Russa, onde estabelecerá contatos com o ministro da Agricultura, Alexander Tkachyov, ao mesmo tempo em que funcionários e empresários argentinos participarão de um seminário de Oportunidades de Negócios Agroindustriais.

Por: Izadora, com informações do Clarín
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário