Ministra aponta consolidação de tecnologias digitais como ferramenta para crescimento do agro brasileiro

Publicado em 29/09/2020 09:21 210 exibições
Segundo ela, a pandemia foi um desafio inédito, e mesmo assim o agronegócio nacional se reinventou e seguiu abastecendo os mercados interno e externo

LOGO nalogo

Em apresentação no evento digital Encontro Nacional das Mulheres Cooperativistas, nesta terça-feira (29), a ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, tereza Cristina, destacou a utilização de tecnologias digitais no pós-pandemia da Covid-19 como forma de alavancar o crescimento do agronegócio brasileiro. 

De acordo com ela, estas ferramentas digitais que passaram a ser muito mais utilizadas durante este período de pandemia deverão permanecer em uso, como um novo hábito adquirido. 

"Essas tecnologias que a gente achava que iriam demorar um certo tempo para chegar vieram com a pandemia, e muitas atividades não vão durar sem a utilização delas. Dessa forma, teremos que melhorar a qualificação da mão-de-obra do agronegócio para continuar crescendo, gerando emprego, e mostrando que o setor é moderno, que traz riqueza e dignidade para as pessoas", disse. 

Mesmo com a pandemia da Covid-19, a ministra destacou que o agronegócio brasileiro se manteve organizado, e que o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) adotou vários protocolos de segurança para proteger os trabalhadores de ponta a ponta no setor. 

"Estávamos perto da colheita da safra 2019/20 quando a pandemia começou. Isso gerou um desafio enorme que precisava ser superado da porteira pra dentro e da porteira pra fora, e isso aconteceu. A superação veio desde a produção, logística, processamento, e o alimento continuou chegando às prateleiras dos supermercados".

Segundo Tereza Cristina, a perspectiva é de que a próxima safra "será espetacular", com indicativos de venda de fertilizantes, defensivos, sementes. "Mesmo o agronegócio sofrendo muitos questionamentos da sociedade urbana ou daqueles que não conseguem entender o sucesso deste segmento tão importante para a nossa sociedade, o produtor rural segue trabalhando e produzindo com sustentabilidade", afirmou. 

Tags:
Por:
Letícia Guimarães
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário