CNA debate impactos da reforma tributária no 9º Fórum LIDE de Agronegócios

Publicado em 26/10/2020 10:55 83 exibições

O presidente do Instituto CNA, Roberto Brant, participou, na sexta (23), do 9º Fórum de Agronegócios promovido pelo Grupo de Líderes Empresariais (LIDE) para debater, entre outros temas, as propostas de reforma tributária que estão em tramitação no Congresso Nacional.

Com o tema geral “Agronegócio: agenda estratégica”, o Fórum também tratou de segurança dos alimentos nos mercados interno e externo, infraestrutura e imagem do agro brasileiro. A presidente do LIDE Agronegócios, Mônika Bergamaschi, foi a moderadora dos debates.

Para Brant, as propostas que estão no Congresso impactam drasticamente o setor agropecuário, principalmente a cadeia primária. “Hoje, o produtor compra insumos com redução de base de cálculo, transfere para a cadeia seguinte um crédito presumido e os produtos da cesta básica são isentos de imposto. Com as novas propostas, tudo isso vai acabar”, alertou.

Roberto Brant também chamou atenção para a possibilidade dos produtores pessoa física se tornarem contribuintes de vários tributos, como PIS e Cofins. “Vai haver uma grande desorganização e insegurança jurídica no setor. O produtor vai trocar o engenheiro por um contador e o veterinário por um advogado tributário”. A CNA defende uma reforma que simplifique a tributação sem aumentar a carga de impostos.

Durante o debate, o presidente do Instituto CNA destacou ainda que as propostas vão tributar os insumos agropecuários, como adubos e fertilizantes, o que impactaria os custos de produção do produtor, exigindo maior fluxo de caixa.

Tags:
Fonte:
CNA

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário