HOME VÍDEOS NOTÍCIAS METEOROLOGIA FOTOS

China pode interromper exportações de fertilizantes; comissão ainda não oficializou medidas

Publicado em 28/09/2021 12:29 e atualizado em 28/09/2021 13:08

Logotipo Notícias Agrícolas

As exportações de fertilizantes da China podem ser interrompidas a pedido da comissão reguladora do país, ou NDRC (National Development and Reform Comission) na sigla em inglês,  com o objetivo de proteger o mercado interno. O mercado especula tais medidas desde junho, as quais poderiam impactar durante o fornecimento de fosfatados e nitrogenados. 

Todavia, as mudanças ainda não foram oficializadas pelo governo chinês ou aplicadadas as condições que pudessem ser impostas pela NDRC. "As últimas notícias confirmaram que o departamento solicitou a algumas empresas da região de Yangtze e Hubei a suspensão das exportações até 30 de junho de 2022", explica o analista de fertilizantes da Agrinvest Commodities, Jeferson Souza. 

E embora ainda não tenha sido completamente oficializada, Souza alerta para os impactos que podem ser sentidos nos próximos dias. "As medidas podem impactar mais severamente nos preços no decorrer das semanas. Mas é importante reforçarmos que ainda não foram confirmadas pelo departamento. No entanto, já se pode ver mais pressão nos preços do fertilizante para o mundo inteiro. 

Em sua conta no Twitter, o diretor de fertilizantes da INTL FCStone, Josh Linville, informou que "o governo chinês efetivamente baniu as exportações de fosfato até junho de 2022". E explica que a nação asiática responde por cerca de 30% de todo o comércio mundial do produto. "Isso é ruim para os preços globais do fosafato e pior ainda para aqueles que dependem desse fornecedor. Temos que monitorar ações similares na ureia".

Linville ainda afirma que os preços da ureia no Golfo Pérsico saltaram US$ 15,00 por tonelada na manhã desta terça-feira (28) em relação ao fechamento de ontem. 

Por:
Carla Mendes | Instagram @jornalistadasoja
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

1 comentário

  • Helvio Borges Rezende Goiânia - GO

    Tem que por um alerta sobre a China dependência!

    1
    • Gilberto Rossetto Brianorte - MT

      Sem fertilizantes o BR não produz. Sem produção, a China não tem o que comprar. Parece que China e BR terão que conversar...

      1
    • Geraldo Emanuel Prizon Coromandel - MG

      A justificativa para o aumentos dos preços dos insumos agrícolas é a possível falta de matéria prima mais aà frente. Está na hora dos produtores começarem alardear que a safra recorde não acontecerá por falta de insumos. Lógica natural das coisas...

      4