HOME VÍDEOS NOTÍCIAS METEOROLOGIA FOTOS

Plano Safra 21/22 ganha reforço de quase R$ 800 mi para equalização de juros

Publicado em 23/02/2022 09:35 e atualizado em 23/02/2022 10:35
Uma nova orientação aos bancos deve ser feita com a aprovação desse recurso suplementar

Logotipo Notícias Agrícolas

Em publicação de portaria no Diário Oficial da União ontem (22), a Secretaria Especial de Tesouro e Orçamento abriu crédito suplementar de R$ 791,40 milhões para equalização de juros dentro do Plano Safra 2021/22, programa que subsidia investimento ou custeio para industrialização e comercialização de produtos agrícolas.

Do total, R$ 7,2 milhões serão destinados para subvenção no Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), além de R$ 71 milhões para equalização de operações de custeio agropecuário e mais R$ 713,2 milhões serão destinados para financiamentos de investimentos rurais e agroindustriais.

Além disso, a edição extra do DOU trouxe subvenção de R$ 133,53 milhões para operações de financiamento para reconstrução de municípios afetados por desastres naturais, além do cancelamento de R$ 10 milhões para subvenção de operações de comercialização de produtos agropecuários e R$ 500 milhões da equalização do Programa de Financiamento às Exportações (Proex).

No início de fevereiro, o Tesouro Nacional solicitou que as instituições financeiras suspendessem novas contratações de crédito rural com juros e custos da subvenção em escalada. Uma nova orientação aos bancos deve ser feita com a aprovação desse recurso suplementar, mas ainda não se sabe quais serão as linhas reabertas.

Veja a publicação na íntegra:

De acordo com o jornal Valor Econômico, com base em informações do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), ainda há disponível, com linhas com taxas equalizadas, 30% do total de R$ 90,8 bilhões disponibilizado no início da safra aos produtores, ou R$ 27,5 bilhões.

Os recursos suplementares vieram dos ministérios da Economia e da Agricultura. Na segunda-feira (21), quase R$ 10 bilhões já haviam sido deslocados para o pagamento da equalização dos empréstimos contratados na safra 2020/21 em linhas de construção e ampliação de armazéns de cerealistas.

Ainda de acordo com o Valor, o rombo no orçamento da equalização para honrar pagamentos do plano e da temporada 2022/23 com vencimento este ano é de R$ 2,9 bilhões.

Por:
Jhonatas Simião
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário