Algodão: ritmo de negócios diminui; preço se estabiliza

Publicado em 22/01/2020 10:29
75 exibições

Parte dos agentes que já havia retornado ao mercado de algodão em pluma voltou a se retrair nos últimos dias. Segundo colaboradores do Cepea, os negócios têm sido limitados pela “queda de braço” quanto aos preços, visto que muitos lotes disponibilizados seguem apresentando ao menos uma característica.

Sendo assim, compradores com necessidade de reposição precisam ceder quanto à qualidade, enquanto os que precisam de qualidade superior pagam valores maiores pela pluma. Em meio à disparidade de preços entre agentes, prevaleceu a posição firme de vendedores. Assim, entre 14 e 21 de janeiro, o Indicador do algodão em pluma CEPEA/ESALQ, com pagamento em 8 dias, permaneceu praticamente estável (+0,03%), fechando a R$ 2,7048/lp nessa terça-feira, 21. Na parcial de janeiro (até o dia 21), o Indicador acumula alta de 0,59%. 

Tags:
Fonte:
Cepea

0 comentário