Boi: Feriado trava mercado, mas cotações seguem firmes

Publicado em 29/05/2013 19:02 e atualizado em 30/05/2013 11:29 771 exibições

Mercado físico do boi gordo ainda apresenta lentidão, natural levando em conta o feriado prolongado que se aproxima o que acaba travando o ritmo das negociações país a fora. Os frigoríficos devem apresentar alguma dificuldade na composição de suas escalas de abate no decorrer desta semana, o que deve resultar em maior agressividade na compra de gado durante a próxima semana, a fim de atender a demanda proveniente do recebimento da massa salarial.

Mercado paulista segue apresentando poucas mudanças. Em Santa Fé a arroba do boi gordo foi cotada a R$ 95, livre à vista. Em Presidente Prudente a arroba do boi gordo foi precificada a R$ 98, livre à vista.

No Estado de Goiás os preços permanecem sem mudanças, com pouca movimentação durante a última terça-feira. Em Rio Verde o boi gordo permanece cotado a R$ 88, livre a prazo. Enquanto que em Goiânia a arroba do boi gordo foi cotada a R$ 87, livre a prazo. No Mato Grosso mercado também apresentou lentidão, sem apresentar grandes mudanças de preços.EmBarra do Garças a arroba do boi gordo segue cotada aR$ 87, livre à vista. Enquanto que em Cuiabá a arroba do boi gordo foi cotada a R$ 88, livre à vista.

 

ATACADO: Mercado atacadista não apresenta consideráveis alterações de preços no decorrer da última terça-feira, o mercado apresenta lentidão durante esta semana, o feriado prolongado que incide durante a próxima quinta-feira acaba quebrando o ritmo das negociações. Corte traseiro cotado no momento a R$ 7,60, por quilo. Enquanto que dianteiro foi cotado a R$ 4,70, por quilo. Ponta de agulha permanece precificada a R$ 4,20, por quilo.

 

BM&F: Mercados futuros apresentam continuidade do movimento de alta no decorrer do dia, a convergência entre a média de cinco dias do Indicador Agropecuário e o contrato maio segue determinando os rumos do mercado. O movimento das escalas de abate e os preços praticados no mercado atacadista seguem como relevantes termômetros mercadológicos, sobretudo para o próximo spot, o vencimento junho.

 

Veja mais informações no boletim teleboi, clique aqui.

Tags:
Fonte:
Safras & Mercado

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário