Equador deve exportar carne bovina em 2015

Publicado em 30/06/2014 12:48 424 exibições

O vice-presidente do Equador, Jorge Glas, anunciou no último sábado que o país poderá exportar carne bovina a partir de 2015.

Glas realizou recentemente uma visita ao Uruguai, onde conheceu a experiência do país no confinamento e na certificação de qualidade das carnes, que é um dos aspectos que o Equador deseja replicar para obter a excelência e gerar mais riqueza para o país.

O Equador está impossibilitado de exportar carne para o mundo por conta da presença da febre aftosa que ataca o gado, debilitando-o e reduzindo seu volume. O Governo iniciou uma agressiva campanha de vacinação que já erradicou a doença do país por mais de 33 meses, esperando, desta forma, ser declarado país livre de febre aftosa em 2015.

De acordo com Paúl Olsen, presidente da Associação de Pecuaristas do Litoral, as primeiras exportações devem ser feitas para a Venezuela e para o Irã.

A subsecretária de Pecuária do Ministério de Agricultura e Pecuária do país, Margoth Hernández, disse que a troca da matriz produtiva implica na necessidade de que o setor realize a comercialização de seus produtos no exterior com um alto valor agregado, o que irá ser possível se o plano de Glas for concretizado.

(Com informações do America Economia)

Tags:
Por:
Izadora Pimenta
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário