Publicidade

Brasil deve propor nova lei para rastrear fornecedor indireto de gado, diz ministra

Publicado em 21/06/2021 13:52 251 exibições

LOGO REUTERS

O governo brasileiro vai propor uma nova lei para rastrear fornecedores indiretos de gado no Brasil que vendem bovinos para produtores como JBS e Marfrig, uma vez que alguns pecuaristas são considerados como importante vetor para o desflorestamento.

Em uma entrevista com correspondentes estrangeiros nesta segunda-feira, a ministra Tereza Cristina afirmou que o atual sistema de rastreamento é ineficiente para acompanhar produtores em uma área que envolve 5 milhões de propriedades rurais.

Fonte:
Reuters

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

1 comentário

  • Eduardo Ferraz Pacheco de Castro Cuiabá - MT

    Essa proposta de lei pode levar nada a lugar nenhum. Não faz nenhum sentido... Os Frigoríficos já assinaram seus TAC's com o Ministério Público e assim devem continuar a cumprí-lo. Sem onerar ainda mais o produtor, sempre penalizado com os descontos pagos pela sua matéria prima de originação.

    2